Quanto custa um bom PC Gamer? Veja se dá para economizar na compra

Entenda o que deixa o computador mais caro e o que pode ser economizado na montagem

O popular PC Gamer se tornou um objeto de desejo para muitos adolescentes, jovens e até adultos de todo o país. Ter uma máquina capaz de rodar os principais jogos da atualidade pode parecer desafiador ou até mesmo impossível para algumas pessoas. No entanto, vale a pena entender alguns detalhes para saber como economizar e quanto pode custar um computador bem configurado para games.

O que você precisa saber sobre PC Gamer antes da compra?

Logo de cara existem duas opções básicas para quem quer comprar um bom PC Gamer: adquirir um produto montado na loja ou pagar pelas peças e montá-lo em casa. Na prática, se você nunca montou um PC, certamente deve procurar por lojas que entendam do assunto e comprar um computador já montado. Afinal, não é tão simples ajustar cada componente para que ele desempenhe o seu potencial máximo.

Sabendo disso, existem alguns componentes que são determinantes para que sua máquina seja capaz de rodar jogos de alto nível, com gráficos em boa resolução ou sem que haja lag e travamento. O processador, a placa de vídeo, a memória RAM e o tipo de dispositivo de armazenamento são os principais responsáveis por encarecer e conferir a característica gamer ao PC.

Quanto custa e como economizar em um PC para jogos?

Não existe um valor específico para atribuir ao PC Gamer, já que o preço pode variar entre R$ 1.5 mil e mais de R$ 20 mil. Esse valor é respectivo apenas ao CPU montado e não considera os periféricos, como monitor, mouse, teclado, fone de ouvido etc. Existem também os notebooks para jogos, os quais têm preço relativamente maior pelo mesmo tipo de desempenho. Por isso, aqui vamos nos concentrar apenas no PC tradicional.

Segundo especialistas em informática, uma das maneiras de economizar está em buscar placas de vídeo que sejam integradas e não apresentem dedicação exclusiva, bem como apostar em processadores recentes, porém de linhas inferiores ou anteriores aos topo de linha. Se você não é uma pessoa que gosta de jogar dezenas de jogos diferentes, o armazenamento interno pode não ser tão grande assim. Um SSD de 128 GB tem a capacidade de dar conta do recado.

Contudo, saiba que um PC Gamer como foi descrito acima terá um tempo de vida útil bem reduzido. Isso quer dizer que dentro de 3 ou 4 anos, no máximo, ele já ficará obsoleto e não conseguirá acompanhar as evoluções dos jogos.

A dica está em investir em um computador de preço médio, ou seja, que custe entre R$ 4 mil a R$ 6 mil. Assim, é possível conseguir um bom processador de última geração, uma placa de vídeo dedicada com 4 GB, memória RAM de 8 GB e SSD de 256 GB.

Por fim, lembre-se de procurar por um gabinete preparado para não esquentar muito e capaz de acomodar muito bem todos os componentes eletrônicos. O design também é importante para dar mais conforto e satisfação nas partidas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments