Campanha beneficiente Go for Gaming busca minimizar o preconceito contra os games

O projeto também destina donativos para entidades assistenciais.

  • por em 15 de agosto de 2018

Como todo jogador sabe, os games ainda são vítimas do preconceito em suas mais diversas formas. Para tentar minimizar estes problemas, um grupo de entusiastas iniciou o projeto Go for Gaming, campanha que pretende demonstrar como os games são uma importante etapa da economia criativa, com trabalho sério, pesquisa e geração de empregos, além de proporcinar diversão, é claro.

Mais do que enaltecer a cultura dos jogos digitais, a iniciativa também se volta ao auxílio de comunidades carentes, por meio de doações e do processo educativo. Os criadores da proposta iniciaram uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Kicante, cujos donativos serão oferecidos a instituições assistenciais.

"Existem preconceitos que às vezes podem ser extremos", comentou  Raiff Chaves, sócio e diretor de operações da eBrainz, e um dos apoiadores da campanha. "Essa falta de informação impede a cultura gamer de alcançar mais pessoas, de atingir outros patamares e também de trazer benefícios”, observou.

A campanha se inicia na próxima sexta-feira, dia 17 de agosto, com a divulgação das ONGs que serão beneficiadas pelas doações.

Informações adicionais podem ser conferidas diretamente nas redes sociais do projeto.

Fonte: Game Repórter

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura