De volta ao cenário, INTZ mostra força e é campeã no Hearthstone

Release divulgado à imprensa no dia 28 de maio. Ele segue estas diretrizes de divulgação do Drops de Jogos.

Foto: Divulgação

Intrépidos vencem Vivo Keyd na final e levam Hearthstone Old Spice Tournament

Neste sábado (26), o INTZ eSports Club voltou ao topo do Hearthstone. Os Intrépidos superaram a Vivo Keyd por 3 a 2, na Arena de eSports da Webedia, e ficaram com o título da Hearthstone Old Spice Tournament, uma das principais competições da modalidade da América Latina.

O clube voltou com estilo ao cenário. Após três anos, o INTZ anunciou, em abril, três nomes para sua line-up: Paulo "Loxodontes" Ramos, Lucas ''garifar'' Jacob e Vinicius “ Coreia” Pupo. E o trio deu show na competição.

A grande final foi emocionante. Loxodontes abriu o placar para os Intrépidos contra VcT. Na sequência, a Vivo Keyd empatou e virou a partida: Khal eliminou Loxodontes e Garifar, fazendo 2 a 1.

Porém, o INTZ reagiu. Coreia venceu Khal e levou a decisão para o último confronto. Diante de Neves, o experiente jogador eliminou o rival e garantiu o título para os Intrépidos. No total, foram distribuídos R$ 50 mil em premiações. Até o título, o INTZ enfrentou oponentes tradicionais, e eliminou a paiN nos playoffs.

"O fim de semana foi repleto de emoções. O que mais me marcou, com certeza, foi a felicidade de ter ganho um campeonato desse porte, e a gratidão todos que torceram pela gente. Também quero agradecer os meus companheiros de equipe que tornaram isso possível”, afirma Vinicius Coreia, brasileiro que chegou mais longe no circuito mundial – ficou a uma vitória de participar do Mundial disputado em 2015.

Além de ser o maior campeão do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o INTZ possui uma vasta galeria de troféus em diversas categorias do eSports – reflexo do planejamento eficiente e gestão bem executada ao longo dos quatro anos de existência.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura