Empresa de games e tecnologia interativa de SP cria jogo social coletivo para salas de cinema

Projeto foi desenvolvido para transformar qualquer ambiente que possua uma grande tela em game social, com mecânicas simples e dinâmicas para diferentes públicos.

  • por em 10 de maio de 2016

A Sioux Agência de Tecnologia Interativa, de São Paulo, acaba de divulgar o lançamento do Moovieplay, projeto que transforma qualquer ambiente com tela grande em game social. O sistema utiliza tecnologia e princípios de gamificação para criar uma nova experiência interativa para as telonas de cinema, por meio do uso de smartphones ou tablets.

"O Moovieplay possibilita a interação de centenas de pessoas com a grande tela em tempo real, sem a necessidade de conexão com a internet, apenas com o uso de um smartphone ou tablet. Isso cria uma experiência de jogo mais dinâmica para o jogador", informa o site do projeto. 

O lançamento do recurso aconteceu no Cinépolis do JK Iguatemi, em apresentação fechada para o mercado publicitário, exibindo as possibilidades do produto, que se utiliza de de hardware e softwares proprietários.

Os jogos possuem mecânicas simples e dinâmicas, capazes de atender a diferentes públicos e idades. Como diferencial para o mercado, a Sioux informa que o jogador pode participar de promoções exclusivas e ganhar recompensas a cada nova sessão, com prêmios que podem ser estipulados pela organização ou anunciante. 

Os games Quiz no Cine, de perguntas e respostas, Pipoca, que permite jogar pipocas na tela do cinema, e Ache a figura já estão disponíveis e oferecem diversão coletiva por meio da interação dos participantes com o sistema. "A partir deste momento, você não é somente o espectador, você faz parte do jogo!", diz o release da produção, que demorou cerca de 15 meses para ser desenvolvida.

Além de trabalhos com tecnologia interativa, a Sioux é também um estúdio de games com ótimas produções. Mais informações sobre o Moovieplay diretamente no site do projeto.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura