Leo De Biase, ex-NVIDIA, é o novo presidente da operação brasileira da ESL

ESL, considerada como a maior empresa de eSports do mundo, anunciou ontem, quarta-feira (30), que o executivo Leo De Biase será presidente da sua operação brasileira. Com 18 anos de experiência nas áreas de games, eSports e tecnologia, Biase tem 44 anos e vem de uma passagem pela NVIDIA, onde foi responsável pelas áreas de consumer marketing e relações públicas para a América Latina por mais de quatro anos.

Foto: Divulgação

Trabalhando com jogos, tecnologia e eSports desde 1998, De Biase foi pioneiro no segmento das lan houses no país com passagens por grandes redes como Cyber Games & Internet e Monkey Games. Entusiasta do segmento, possui experiências com organizações como CPL (Cyberathlete Professional League), ESWC (Electronic Sports World Cup) e WCG (World Cyber Games). 

Antes dele, Spike Laurie, diretor internacional de negócios, foi o presidente interino da ESL Brasil. A empresa é responsável pela Premier League no nosso país e realizou o Ginásio do Ibirapuera a Pro League. Na Premier, a ESL trouxe marcas como Acer, NVIDIA e Mercado Pago.

Leo De Biase tem a missão de fortalecer os eSports no mercado brasileiro, uma vez que grandes marcas como Coca-Cola, Nissan e Pepsi já patrocinam os campeonatos internacionais.

Fundada no ano 2000, atualmente a ESL emprega 550 funcionários em 11 escritórios ao redor do mundo. É a maior empresa do setor e a maior produtora de conteúdo do segmento. Acumula mais de 320 milhões de horas de conteúdo transmitido via Twitch, Azubu, Hitbox e YouTube. Até hoje já distribuiu mais de US$25 milhões em prêmios individuais e para equipes, sendo a responsável pela realização de grandes competições para as maiores publishers do mundo, incluindo Riot Games (de League of Legends), Blizzard (de StarCraft II e Overwatch) e Valve (de Counter-Strike: Global Offensive).

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura