Exclusivo: Conferência College Esports Expo (CEX) chega ao Brasil

Evento internacional de eSports

College Esports Expo (CEX). Foto: Divulgação

O Drops de Jogos recebeu antecipadamente a informação que o evento CEX, que existe desde 2017, chega ao Brasil a partir deste ano.

O release oficial do evento é o seguinte:

A College Esports Expo (CEX) chega no Brasil pela primeira vez no mês de outubro após sua terceira edição nos Estados Unidos. A conferência tem o objetivo de diminuir a distância entre a comunidade e a indústria de eSports, com foco nas instituições de ensino, através de palestras e apresentações com personalidades de renome, brasileiras e internacionais.

Para o ano que vem faz parte também da iniciativa campeonatos universitários nacionais, que ocorrerão em diferentes continentes e países simultaneamente, incluindo Estados Unidos, África, Brasil e Índia. A ideia é fomentar os eSports a nível universitário e a troca cultural entre essas instituições através de uma liga universitária internacional, onde cada região levará um representante para jogar as finais mundiais em um país a ser determinado, já no ano que vem.

A liga tem como meta não apenas a competição entre universidades, mas a troca cultural entre estudantes dos diversos países organizadores da CEX através de intercâmbios estudantis. Além disso, o campeonato terá um sistema de rankeamento por temporada baseado não apenas no desempenho competitivo, mas por iniciativas sociais, profissionais e de engajamento, oferecendo oportunidades para todas as instituições de ensino superior.

Moacyr Alves – General Manager do evento diz “Fazia um bom tempo que o Brasil precisava de uma conferência e um campeonato internacional voltada ao esporte eletrônico universitário, em outros países isso já está ganhando muita força e finalmente o Brasil entra na rota de campeonatos universitários internacionais e de conferência sobre esse assunto”

Rick Menasce diz: “O cenário dos esports universitários nos Estados Unidos vem crescendo muito pois eles conseguiram enxergar não apenas os benefícios para as instituições, mas também para o desenvolvimento dos alunos. No Brasil, ainda estamos engatinhando e existe um estigma muito grande quanto aos jogos eletrônicos. A CEX é a oportunidade perfeita para mostrar que esports é muito mais do que apenas um jogo, e sim uma plataforma de engajamento e desenvolvimento muito poderosa.“

Kevin Mitchell fala “Estou muito feliz em poder trabalhar com a equipe da Toro e da Press Start para trazer a primeira College Esports Expo para o Brasil. É uma conquista imprescindível compartilhar essa experiência única com estudantes, jogadores e a indústria de esports no maior mercado de jogos da América do Sul.

CEX. Foto: Divulgação

Sobre a CEX

Lançada em 2017 nos Estados Unidos, a CEX surgiu como um projeto de sala de aula para suprir a demanda de um diálogo especializado nos tópicos relacionados ao crescimento dos esports e sua relação com o ensino. Através de painéis, apresentações, oficinas, e agora, torneios universitários internacionais, a CEX aborda assuntos que vão desde a criação de currículos e programas acadêmicos, passando por tecnologias aplicadas aos esportes eletrônicos, estilo de vida, performance e competição.

Sobre a PRESS START

A Press Start tem como missão fomentar os esportes eletrônicos dentro das instituições de ensino, guiando as mesmas e oferecendo oportunidades para que todos alunos adquiram habilidades de comunicação, colaboração e pensamento crítico necessárias para o sucesso pessoal e profissional em um mundo cada vez mais digital e globalizado.

Sobre a ARCADIA GROUP

Começou suas atividades em Janeiro de 2020 com o empreendimento de 04 sócios para o mercado de eSports e já conquistou vários mercados como o Europa e Ásia com presença em eventos importantes como a ISPO Munique e a China Joy. Agora estamos partindo para o mercado Americano com essa iniciativa.

LEIA MAIS – Drops de Jogos discute como falar de games e política

“Metal Gear mistura guerra e narrativa surreal”, disse fã que tem braço biônico inspirado em Big Boss

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 com Charlie Brown Jr, uma resenha

Death Stranding, a resenha em tempos de coronavírus. Por Pedro Zambarda

Conheça o projeto Indie BR em 5

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.