Mesmo com controvérsia com devs, SP Jam diz que já preencheu 90% das vagas

SP Pro Game Jam

SP Pro Game Jam. Foto: Divulgação

SP Pro Game Jam teve uma semana de repercussão negativa devido a um detalhe em seu regulamento. Isso revoltou alguns desenvolvedores brasileiros de jogos nas redes sociais.

A saber: o evento é organizado pelo estúdio paulista Flux Games em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, de João Doria Jr.. Essa game jam foi aprovada, em 2019, no edital de Incentivo ao Desenvolvimento de Economia Criativa do Programa de Ação Cultural, o ProAC.

Na primeira versão do regulamento, na seção 10, sobre Propriedade Intelectual, estava escrito que o game vencedor do evento pertenceria totalmente à Flux Games. O time que tivesse a ideia e desenvolvesse, de fato, o jogo não teria qualquer lucro, mesmo depois do lançamento no Nintendo Switch.

Isso provocou uma reação de repúdio por alguns desenvolvedores brasileiros, que resolveram se expressar nas redes sociais por meio da hashtag #JogoEhDeQuemFaz, no Twitter. Apesar da controvérsia, a repercussão parece ter atraído mais gente para o evento. Em menos de uma semana de inscrições abertas, o estúdio informou que quase todas as vagas já foram preenchidas.

“Cerca de 90% das vagas da SP Pro Game Jam já foram preenchidas, totalizando 80 inscrições realizadas”, disse Paulo Luis Santos da Flux ao repórter Bruno Izidro do Start do UOL.

ENTENDA O CASO – Jam em SP oferece mentoria, prêmios e lançamento de game no Switch

Flux Games revisa regulamento de jam após controvérsia com Devs

Opinião – Sobre editais e autoria de jogos brasileiros. Por Pedro Zambarda

LEIA MAIS – Drops de Jogos discute como falar de games e política

“Metal Gear mistura guerra e narrativa surreal”, disse fã que tem braço biônico inspirado em Big Boss

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 com Charlie Brown Jr, uma resenha

Death Stranding, a resenha em tempos de coronavírus. Por Pedro Zambarda

Conheça o projeto Indie BR em 5

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.