20 fatos em homenagem aos 20 anos de lançamento do Nintendo 64

O console Nintendo 64 completou duas décadas do seu aniversário de lançamento na América do Norte no dia 29 de setembro de 2016, sendo que aquele aparelho foi o mesmo que chegou ao Brasil. Antes do lançamento norte-americano, o 64 chegou 23 de junho de 1996 no Japão e teve uma edição limitada americana no dia 26 de setembro.

Foto: Divulgação

O aparelho teve o codinome Project Reality e constava nos projetos da Nintendo como Ultra 64. No seu aniversário de 20 anos, o Drops de Jogos lista 20 curiosidades. Confira.

1. O Super Game Boy promoveu pela primeira vez a integração de um console de mesa (SNES) com o portátil da Nintendo em junho de 1994 através de um cartucho especial. O 64 continuou o recurso no Transfer Pack que vinha junto do game Pokémon Stadium, em 2000. Ele permitia jogar os jogos dos monstrinhos de bolso e transferir os personagens 2D do Game Boy para um ambiente de batalhas em 3D;

2. O 64 vendeu 32,93 milhões de cópias no mundo todo, sendo 20,63 milhões somente nas Américas – o que inclui o Brasil. No entanto, a vendagem foi inferior ao gigante PlayStation da Sony (102,49 milhões);

3. PlayStation chegou dois anos antes e popularizou a mídia CD junto com o Saturn. A Nintendo tinha pouca experiência com gráficos 3D, o que provocou uma demora em seu lançamento. A Big N aproveitou o incômodo para lançar campanhas publicitárias que não deixassem o hype morrer;

4. O Nintendo 64, por outro lado, não tinha os grandes loadings do aparelho da Sony. Isso rendeu resenhas positivas na imprensa. O Los Angeles Times na época descreveu o aparelho como o "mais rápido" da quinta geração de consoles;

5. Em 2015, a IGN listou o 64 como o nono melhor console de todos os tempos;

6. No Japão, o Nintendo 64 não vendeu tão bem e chegou em apenas 5,54 milhões de cópias. Benimaru Itō, desenvolvedor de EarthBound 64 e amigo de Shigeru Miyamoto, especulou que o fiasco japonês ocorreu pela falta de RPGs na plataforma;

7. Em território japonês, o 64 teve um acessório chamado 64DD que permitia a entrada de disquetes para gravação ou leitura;

8. Randnet foi um serviço pioneiro de internet para videogames e estava disponível também pro Nintendo 64 no Japão;

9. Mario Party para 64 causava tantos ferimentos nas mãos que a Nintendo lançou uma luva para apreciar o jogo de mini-games;

10. O 64 chegou para os consumidores finais com Pilotwings 64 e Mario 64, que transformou o clássico em 3D;

11. O Super Nintendo teve 700 títulos, enquanto o 64 teve menos de 400. Para título de comparação, o PlayStation teve 1100 jogos disponíveis;

12. O joystick do 64 foi o primeiro a ter controle analógico;

13. O controle do Nintendo 64 foi o primeiro a tremer com o acessório Rumble Pack. O controle analógico e a tremedeira seriam copiados como Dual Shock do PlayStation;

14. Tony Hawk’s Pro Skater 3 foi o último jogo lançado, em agosto de 2002;

15. Mario Kart 64 seria o game mais vendido fora Mario 64, que já veio no console. O primeiro teve 9,87 milhões de cópias comercializadas, enquanto o segundo chegou em 11,89 milhões;

16. GoldenEye 007 foi o terceiro jogo mais vendido, em 8,09 milhões, e revolucionou os shooters multiplayer no período;

17. The Legend of Zelda: Ocarina of Time foi sucesso de crítica e atingiu 7,6 milhões de cópias vendidas;

18. Super Smash Bros. foi o maior jogo de luta do Nintendo 64, com 5,55 milhões de cópias difundidas;

19. As edições limitadas do 64 eram coloridas, incluindo um modelo laranja em homenagem a Zelda. Mas o console original é cinza escuro, com cartuchos acinzentados. Os controles também poderiam ter cores distintas;

20. O N64 chegou ao mercado por US$ 199, imitando o mesmo sucesso da Sony no lançamento do seu PlayStation. O aparelho estaria em torno de R$ 750, numa conversão direta nos dias atuais, mas sem os impostos.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria