25 fatos do Super NES no seu aniversário de 25 anos (nos EUA)

No dia 23 de agosto de 2016, o Super Nintendo completou 25 anos de idade nos Estados Unidos. O aparelho surgiu em terras americanas em 1991, mas apareceu primeiro como Super Famicom no dia 21 de novembro de 90.

Foto: Divulgação

Drops de Jogos separa 25 fatos sobre um dos maiores consoles de todos os tempos que atendia pela sigla SNES. Confira.

  1. NES em 85 deu vida a Super Mario Bros. SNES deu vida a Mario Kart em 27 de agosto de 1992;
  2. Desenhado por Masayuki Uemura, o mesmo designer do Nintendinho, Super NES vendeu 300 mil unidades em horas de lançamento;
  3. A primeira conversão do jogo de arcade Street Fighter II chegou para o SNES;
  4. Donkey Kong Country foi uma franquia lançada pelo console em novembro de 94;
  5. Os botões L e R, apreciados hoje em games de tiro, surgiram primeiro neste aparelho;
  6. Mario Paint trouxe um controle no formato de mouse;
  7. Satelaview foi uma tentativa da Nintendo de levar internet ao SNES, com jogos online;
  8. No Brasil, o console foi responsável pela assistência técnica da Powerline, que lançou jornalistas de games como Pablo Miyazawa, e pelas locadoras de cartuchos;
  9. O SNES, junto com o Mega Drive e o Master System, popularizaram o ato de assoprar fitas para tirar o pó dos seus circuitos;
  10. A sigla SNES é de Super Nintendo Entertainment System;
  11. Cerca de 49 milhões de unidades do Super Nintendo foram vendidas no mundo todo;
  12. Além de ter sido pioneiro no aparelho doméstico da Big N, Street Fighter II vendeu 14 milhões de cópias tanto no Super Nintendo quanto no Mega Drive, além de ter ganhado inúmeras versões alternativas, até para os fliperamas. Só no SNES foram 6,3 milhões de cópias;
  13. O adaptador Super Game Boy permitia jogar games do portátil no aparelho de mesa;
  14. O primeiro console PlayStation era para ser desenvolvido por uma parceria entre Nintendo e Sony, para se tornar o “SNES CD”. Nunca aconteceu e a PSX dominou o mercado;
  15. Star Fox, lançado em 1993, foi o primeiro jogo a utilizar o acelerador gráfico Super FX no SNES. O recurso permitiu que o game reproduzisse polígonos em 3D muito antes do primeiro PlayStation;
  16. Outro acessório chamado XBand funcionava como uma espécie de modem de internet para o Super Nintendo;
  17. Com o passar dos anos, o console amarelava porque eletrônicos da época eram feitos com um tipo de plástico rico em bromo, resistente ao fogo. O problema é que o bromo oxida com facilidade;
  18. Cartuchos japoneses e americanos tinham formatos diferentes, o que provocava bloqueio por região;
  19. Super NES teve cinco carcaças diferentes: Japanese SHVC-001 model (1990–1998), American SNS-001 model (1991–1997), PAL-region SNSP-001 model (1992–1998), Japanese SHVC-101 model (1998–2003) e American SNS-101 model (1997–1999);
  20. O aparelho só foi descontinuado em 2003;
  21. Só nos Estados Unidos e na América do Norte, o aparelho vendeu 23,35 milhões de unidades;
  22. No Japão, 17,17 milhões de aparelhos foram comercializados;
  23. Em outras regiões, que incluem Europa e Brasil, 8,58 milhões de consoles circularam nas mãos dos consumidores;
  24. O jogo mais vendido foi Super Mario World, com 20,60 milhões de cópias. Ele vinha com o console;
  25. O segundo foi Donkey Kong Country, que saiu só em 94, com nove milhões de jogos comercializados.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria