Apple afirma que Epic Games começou batalha judicial de forma ‘desleal’

A disputa judicial vai debater o funcionamento e as políticas de cobrança da App Store para desenvolvedores

Ilustração sobre processo judicial envolvendo Apple e Epic Games. Foto: Reprodução/Istoé

A Apple apresentou documentos no dia 8 de abril que apontam quais serão os argumentos que ela vai apresentar na disputa antitruste contra a Epic Games.

A disputa judicial vai debater o funcionamento e as políticas de cobrança da App Store para desenvolvedores. Segundo a empresa da maçã, a Epic Games teria iniciado a batalha de forma desleal, com a desenvolvedora de jogos tendo orquestrado uma campanha de relações públicas – com a hashtag #FreeFortnite, em prol do seu sistema de pagamentos proprietário.

Epic está tentando mudar a forma como a App Store é administrada para a Apple. E ela apresenta o argumento de que os valores praticados por ela dentro da App Store não fogem aos padrões do mercado de plataformas de aplicativos mobile

Antes de ser banida da App Store, a Epic teria conseguido fazer mais de US$ 700 milhões em receita com clientes iOS durante os dois anos em que o Fortnite esteve disponível na loja, afirma a Apple. “A Epic se beneficiou muito de relação contratual com a Apple”, disse a petição da Apple enviada ao tribunal. “A Epic usou SDKs proprietários da Apple e milhares de APIs proprietários para desenvolver jogos para usuários iOS.”

Caso a Epic Games saia vencedora no processo, tanto consumidores quanto outros desenvolvedores serão impactados negativamente para a Apple.

A empresa afirma que o processo de revisão de aplicativos da Apple é “superficial” e “produz resultados ruins”. O julgamento está marcado para 3 de maio sem júri.

Vimos no Olhar Digital.

LEIA MAIS – Conheça 17 empresas que estão definindo o futuro dos games brasileiros

Fatec’s Out é o game brasileiro de 2020 segundo a pesquisa Drops de Jogos/Geração Gamer

Opinião – Death Stranding é sobre futuro; Cyberpunk 2077 é passado. Por Pedro Zambarda

Veja o vídeo da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.