Cyberpunk 2077 começou a ser criado em 2016 e não estava pronto, diz reportagem

Reportagem de Jason Schreier

V em Cyberpunk 2077. Foto: Divulgação

Numa reportagem do jornalista investigativo Jason Schreier, da Bloomberg, os desenvolvedores da CD Projekt RED sabiam que o jogo não estava pronto para o lançamento em 2020.

Segundo um dos devs, “eles esperavam que o jogo estivesse pronto em 2022”, com base no progresso que a equipe estava fazendo em 2019. Um obstáculo foi que os desenvolvedores tentaram desenvolver a engine e o jogo simultaneamente, uma decisão que um desenvolvedor disse que foi como “tentar dirigir um trem enquanto os trilhos estão sendo colocados à sua frente ao mesmo tempo”, de acordo com o Bloomberg.

Desenvolvedores aparentemente superaram os desafios acreditando que poderiam superar esses obstáculos sozinhos, semelhante ao infame “BioWare Magic”, mas Cyberpunk 2077 também foi desenvolvido por meio de períodos de intensa crise. Em um tuíte seguido do artigo, Schreier afirma que, apesar das promessas da administração de que o crunch não seria necessário, alguns gerentes fizeram jogo mental para que os funcionários trabalhassem mais horas, dizendo que os seus companheiros trabalhariam mais para compensar. Os salários também eram baixos, com um programador júnior ganhando cerca de US$ 700 por mês.

Cyberpunk 2077 foi anunciado em 2012 e mostrado ao mundo com um trailer cinematográfico em 2013, mas o trabalho no jogo não começou de verdade até 2016. Foi quando o chefe do estúdio da CD Projekt RED, Adam Badowski, assumiu como diretor, vários desenvolvedores veteranos de The Witcher 3 saíram e conceitos básicos como se o jogo seria em primeira pessoa ou não ainda estavam sendo discutidos. “Na E3 de junho de 2019, a CD Projekt anunciou que o jogo seria lançado em 16 de abril de 2020”, escreve Jason Schreier em seu artigo. “Os fãs estavam exultantes, mas internamente, alguns membros da equipe apenas coçaram a cabeça, imaginando como poderiam terminar o jogo até então. Uma pessoa disse que achava que a data era uma piada. Com base no progresso da equipe, eles esperavam que o jogo estivesse pronto em 2022. Os desenvolvedores criaram memes sobre o atraso, fazendo apostas sobre quando isso aconteceria”.

Além de seu cronograma apressado, o Bloomberg relata que o desenvolvimento sofreu com o estúdio tentando formar pessoal muito rapidamente e também não contratando pessoas suficientes para entregar o ambicioso mundo aberto de Cyberpunk 2077. Barreiras de idioma, com alguns desenvolvedores falando polonês enquanto outros falavam inglês, também aparentemente causaram problemas, assim como a eventual mudança para trabalhar em casa após o início da pandemia do COVID-19.

“Havia momentos em que eu trabalhava até 13 horas por dia – um pouco mais que provavelmente era meu recorde – e fazia cinco dias por semana trabalhando assim”, Adrian Jakubiak, um ex-programador de áudio da CD Projekt RED, disse ao Bloomberg. “Tenho alguns amigos que perderam suas famílias por causa desse tipo de coisa”. No pedido de desculpas aos jogadores e fãs no início desta semana, Iwiński disse que assume total responsabilidade pelos problemas de desempenho e lançamento terrível de Cyberpunk 2077. Em uma sessão de perguntas e respostas separada publicada online, o estúdio mais uma vez prometeu que não faria seus funcionários trabalharem com crunch para consertar o jogo.

Vimos no PSXBR.

LEIA MAIS – Filho de catador de latinhas emociona jogador em partida de Free Fire

Mantendo a sanidade mental em tempos de pandemia. Por Thais Chioqueti, psicóloga

Opinião – Sim, Hideo Kojima é um desenvolvedor de jogos de esquerda. Por Pedro Zambarda

Veja o vídeo da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.