EXCLUSIVO: FNDC lança Grupo de Trabalho sobre Games, Realidade Mista, Internet das Coisas e Plataformas Pioneiras em Minas Gerais

Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) lançou oficialmente neste sábado (21) o Grupo de Trabalho sobre Games, Realidade Mista, Internet das Coisas e Plataformas Pioneiras (GARMIC) no Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais, evento que ocorre no Othon Palace Hotel em Belo Horizonte, Minas Gerais. O interesse do grupo é justamente incluir videogames no mesmo patamar de discussão das comunicações como é o caso da TV, do rádio, da internet e dos veículos de comunicação impressos.

Foto: Barão de Itararé/Divulgação

O anúncio foi feito por Renato Bazan, jornalista com passagens pelo TechTudo e Portal POP, além de ser produtor-executivo da CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil). "O grupo tem por objetivo discutir, consolidar propostas e atuar politicamente para garantir a democratização desses meios no Brasil, tanto no uso quanto na criação de conteúdo. Tem também como meta popularizar o uso e o entendimento dessas plataformas, de uma forma inclusiva e participativa", afirmou o repórter.

Os integrantes do grupo de trabalho ainda serão anunciados, mas são ativistas, empreendedores e comunicadores de diferentes setores tecnológicos que vão discutir soluções para melhorar a implantação dos games no Brasil. O editor-chefe do Drops de Jogos, Pedro Zambarda, participará como um dos conselheiros do grupo.

Segue o texto de introdução ao grupo escrito por Renato.

Hoje apresentei ao mundo o Grupo de Trabalho sobre Games, Realidade Mista, Internet das Coisas e Plataformas Pioneiras (GARMIC). Somos parte integrante do Fórum Nacional pela Democratização das Comunicações (FNDC). O grupo tem por objetivo discutir, consolidar propostas e atuar politicamente para garantir a democratização desses meios no Brasil, tanto no uso quanto na criação de conteúdo. Tem também como meta popularizar o uso e o entendimento dessas plataformas, de uma forma inclusiva e participativa. Desde já, conto com a colaboração de amigos valiosos pelo Brasil: Pedro Zambarda de Araújo, Carlos Costa Cox, Max Ziller, Anderson Bahia, Thamy e Thiago Almeida, Daniela Rigon, Flavia Gasi e José Roberto Medeiros integram a equipe inicial, que será expandida gradualmente até abarcar academia, mercado e consumidores para casa uma dessas áreas. Esse é apenas o primeiro passo em uma longa estrada de cidadania. Que as novas plataformas nos ajudem a construir uma sociedade melhor.

FNDC foi criado em julho de 1991 como movimento social e transformou-se em entidade em 20 de agosto 1995. Foi atuante na finalização dos trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte que preparava a nova Constituição Federal. A partir das propostas da I Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), uma conquista histórica do movimento em 2009, o fórum lançou, em parceria com entidades do movimento social, a Plataforma para o Marco Regulatório das Comunicações baseada nas mais de 600 proposições aprovadas no encontro daquele ano.

 

 

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria