Resident Evil: No Escuro Absoluto da Netflix será canônica

Série fará parte da cronologia oficial

Leon em RESIDENT EVIL: No Escuro Absoluto. Foto: Divulgação

A informação é do site Resident Evil Database, a maior comunidade de Resident Evil no Brasil:

A Netflix divulgou, através de seu perfil oficial do Twitter @NXonNetflix, duas novas imagens de RESIDENT EVIL: No Escuro Absoluto (título em inglês “RESIDENT EVIL: Infinite Darkness”), mostrando Leon S. Kennedy e Claire Redfield. No teaser trailer, por estar muito escuro, não era possível ver os personagens tão bem, mas agora tivemos uma visão muito melhor da aparência deles, e dá para dizer que o visual dos dois está incrível!

Claire está usando uma roupa semelhante (ou a mesma) de Resident Evil Revelations 2, jogo que se passa em 2011 (e epílogo em 2013). Já Leon está com uma jaqueta de couro bastante parecida com a que ele usa em Resident Evil 6 e na animação Resident Evil A Vingança (título em inglês “Resident Evil Vendetta”). Os visuais de ambos já viraram suas marcas registradas nos títulos mais recentes em que apareceram.

Além disso, o post oficial também deu a entender que a série será canônica, ou seja, vai complementar a história dos jogos! Confira a tradução do post abaixo:

“Quando incidentes biológicos saem de controle, somente um par de matadores veteranos de zumbis podem resolver o problema. Resident Evil: Infinite Darkness é uma nova série original que se passa no universo [no canon] da clássica franquia de survival horror da Capcom, chegando no próximo ano.”

LEIA MAIS – Drops de Jogos discute como falar de games e política

“Metal Gear mistura guerra e narrativa surreal”, disse fã que tem braço biônico inspirado em Big Boss

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 com Charlie Brown Jr, uma resenha

Death Stranding, a resenha em tempos de coronavírus. Por Pedro Zambarda

Conheça o projeto Indie BR em 5

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.