Está mais fácil fazer games Indies com engines gratuitas oferecidas por grandes desenvolvedoras do mercado

Quatro empresas disputam a preferência dos desenvolvedores indies, com novidades e programas gratuitos lançados no mês de março para a criação de games.

  • por em 30 de março de 2015

Criar games sempre foi o desejo de milhares de jovens, mas a dificuldade para aprender a programar e o custo dos sistemas digitais para a produção de jogos sempre tornaram esta ambição muito difícil de se concretizar. Isso mudou com a chegada, há cerca de 10 anos, da Unity 3D, engine que promoveu uma revolução ao disponibilizar gratuitamente recursos para produzir projetos de jogos digitais.

Nos últimos anos a ferramenta ganhou robustez e a admiração da comunidade independente de desenvolvedores por todo o mundo. Na última Game Developers Conferente (GDC), no entanto, mais empresas entraram em campo oferecendo sistemas gratuitos ou em conta para a criação de games para diversas plataformas. Abaixo, o Drops de Jogos relaciona os principais sistemas anunciados no evento realizado anualmente em São Francisco, na Califórnia.

Unreal 4
Tim Sweeney, programador e fundador da Epic, anunciou, em 1º de março, o oferecimento gratuito de Unreal 4. Segundo o anúncio, fica para o desenvolvedor a responsabilidade de repassar 5% dos ganhos conquistados trimestralmente com o game, após alcançar o teto de US$ 3 mil em vendas quando for comercializado. “Você pode fazer o download do motor e usá-lo para tudo, desde o desenvolvimento do jogo, educação, arquitetura e visualização para VR, cinema e animação”, descreveu, no blog Unreal Engine. “É um arranjo simples no qual seremos bem sucedidos quando você tiver sucesso”, informou.

Unity 5
John Riccitiello, CEO da Unity Technologies, anunciou dois dias depois o lançamento da Unity 5 nas versões profissional e pessoal.  A nova Unity pode ser utilizada gratuitamente pelos desenvolvedores com receita ou financiando inferior US$ 100 mil por ano e todos os complementos do motor. O pacote de serviços avançados, no entanto, fica fora desta oferta.

Source 2
A Valve, empresa reconhecida pela qualidde de games como Half Life 2 e Left 4 Dead, anuncia na mesma tarde a disponibilização de seu motor Source 2, que foi usado nos dois games já citados. “Com o Source 2, nosso foco é o aumento da produtividade criadora”, afirmou Jay Stelly, Senior Software Engineer da Valve Corporation, em comunicado à imprensa, na ocasião.

Stingray
A Autodesk, criadora de programas como Autocad e Studio Max, anunciou o motor Stingray Game Engine como parte do pacote para design de games da empresa. O Stingray não foi anunciado como um programa gratuito e não há, até o momento, definição sobre o valor para aquisição. Da mesma forma, o Maya LT, que completa a oferta, está disponível para assinatura no modelo de negócios pay-as-you-go para períodos mensais, trimestrais e anuais.

Com tantas boas novidades, a produção de jogos independentes tem tudo para ganhar mais qualidade e forte expressão no mercado.

Via Play'n'Biz

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Tecnologia