Conheça a história dos Easter Eggs e os mais famosos exemplos nos games

  • por em 10 de abril de 2023

Easter Eggs famosos nos games - Imagem: reprodução de easter egg de Doom 2, com a face de John Romero

Na sexta, dia 7 de abril – também conhecida como Sexta-feira da Paixão -, tivemos a gravação do programa Drops de Jogos, que acontece todas as sextas, às 22h, pelo canal do site, no YouTube.

Em razão da efeméride da Páscoa, realizamos um especial sobre Easter Eggs, os tradicionais ‘ovos de páscoa’ que são disponibilizados pelos desenvolvedores nos jogos, como uma diversão extra para os jogadores.

No programa, foram citados alguns exemplos desses brindes dos estúdios, que a gente reproduz, abaixo.

Warren Robinett – Adventure para Atari 2600 [1980]
Robinett foi o primeiro desenvolvedor a ter a ideia de incluir seu nome em um game, no Adventure, criado para o Atari 2600, em 1980. Mesmo sabendo que não era permitido pela empresa, o desenvolvedor escamoteou sua assinatura em uma sala secreta no game.

“Sim, eu considerei que alguns chefões não ficariam muito contentes a respeito desse pequeno truque, e o removeriam do jogo assim que eles descobrissem que a assinatura estava lá. Mas se algumas poucas centenas de milhares de cartuchos fossem manufaturados antes, ao menos eles estariam correndo o mundo. O que aconteceu é que, quando algum garoto encontrou a sala secreta e a Atari descobriu tudo eu já nem mais trabalhava lá. O gerente do jogo na ocasião decidiu que essas pequenas surpresas escondidas, que ele chamou de ‘Easter Eggs’ eram divertidas. Também, iria custar 10 mil dólares para fazer uma nova máscara para a Rom do cartucho. O que aconteceu é que a Atari deixou a sala secreta no game.”

Yar’s Revenge [1982]
Neste jogo, o herói, Yar, é uma espécie de inseto que deve morder ou atirar através de uma barreira para disparar sua “Zorlon Cannon” pelas brechas e destruir o malvado Qotile, que existe do outro lado do barreira.

O game tem um ‘Ovo de Páscoa’ bem escondido. Depois de matar o Qotile, se o jogador se mover horizontalmente ao longo da linha onde o Qotile foi morto, as iniciais do programador, HSW, podem ser vistas em um redemoinho horizontal na tela. É nesse ponto que se encerra o jogo.

Programador em Resident Evil [2005]
Acharam um Easter Egg em Resident Evil 4 em 2017, anos após o seu lançamento, em 2005
Uma figura humana pouco visível durante o acidente de um helicóptero. Ao manipular a câmera do jogo, é possível ver uma pessoa vestindo uma jaqueta verde, jeans e um cachecol azul.

Parece ser um desenvolvedor engraçadinho que se enfiou no game sorrateiramente. E ficou escondido por 12 anos.

Dark Souls em Overwatch [2016]
Em 2016, foi encontrado um easter egg de Dark Souls no mapa Eichenwalde, do game Overwatch.
Ao entrar em uma sala no castelo do mapa, o jogador encontra uma espada cravada em um monte flamejante. É uma clara referência aos checkpoints icônicos da série Dark Souls.

De Volta para o Futuro em GTA V [2013]
Tem Easter Egg de De Volta para o Futuro no GTA V. É possível encontrar os carros da trilogia no game.

Mas tem também uma igreja de Hill Valley, que é a cidade do Marty McFly em Los Santos, e uma referência aos 2,21Gw em uma caixa de energia, que é a potência necessária para fazer o DeLorean funcionar com o Mr. Fusion.

NO GTA Online também é possível encontrar vários discos voadores, com localizações já bem detalhadas por internautas na rede. Há até um DLC com uma missão em um abrigo secreto com aliens.

Cyberpunk 2077 tem vários Easter Eggs
GLaDOS, de Portal
GLaDOS é uma máquina com quem o jogador interage na série Portal.
Sua dubladora, Ellen McLain, retorna como uma das personalidades de Delamain, um serviço de táxi robótico de luxo, e ela oferece uma performance de máquina semelhante ao da IA homicida GLaDOS. Além disso, a máquina faz gracinhas com a menção a surpresas e bolos enquanto tentar matar o personagem do jogador, outra homenagem à máquina assassina de Portal.

Hideo Kojima
O desenvolvedor aparece como ele mesmo no jogo.
Kojima aparece em um dos cantos do bar de um hotel conversando com outro NPC. Se você tem dúvidas, é só prestar atenção: o personagem está falando japonês. Os jogadores podem interagir com o personagem, que atende pelo nome de Oshima.
[Oshima/Kojima… entendeu?]

Matrix
Em Matrix, de 1999, Neo (Keanu Reeves) escolhe entre tomar a pílula azul ou a vermelha de Morpheus (Laurence Fishburne).
Em Cyberpunk 2077, o jogador enfrentará uma cena idêntica onde Vi terá que escolher uma das pílulas oferecidas por um NPC.

Desenvolvedores do jogo
Plagiando a ideia de Robinett, cerca de 40 anos depois, os desenvolvedores de Cyberpunk 2077 podemos ser encontrados no game.
No Kubuki Market, há uma sala secreta que pode ser acessada digitando um código das mensagens enviadas pela CD Projekt. Na sala, o jogador encontrará as fotos da equipe da CD Projekt exibidas num telão.

The Witcher
Tem também uma referência à franquia Witcher, em que os jogadores podem encontrar a imagem da personagem Ciri, que aparece em uma revista escondida atrás de uma gaveta.

T2
Outra referência bacana do game é à saga do Exterminador do Futuro.
É possível encontrar um robô de óculos que faz uma alusão a Arnold Schwarzenegger, uma história sobra o garoto Connor (uma clara indicação a John Connor) e até mesmo à sua mãe, Sarah, perseguida por um robô em uniforme de policial, resgatando a imagem do T-1000.

Mais referências
Tem um release do jogo Half-Life 3 que, de acordo com o jogo, a Valve só vai lançar em 2077, tem um carro estilizado inspirado no Bat-Móvel, tem os personagens JC e Little Smoke, de GTA: San Andreas, que aparecem mortos em uma fase do game e muitas outras coisinhas escondidas no game. A homenagem não para por aí, ao lado do corpo de Little Smoke está um hamburguer mordido.
Mas tem um milhão de bugs bem visíveis o tempo todo também[!]

Goldeneye 64
Existem vários mitos em torno de Goldeneye, desde a Ilha Dam até a maleta de Ourumov, passando pela presença de Sean Connery como personagem multiplayer. E enquanto esses mitos geraram debates intermináveis ​​durante o auge da popularidade de Goldeneye, todos eles podem ser explicados muito, muito facilmente:

Os desenvolvedores ficaram preguiçosos.
A Ilha Dam deveria ser acessível por barco no primeiro nível, até que os projetistas decidiram que seria muito problemático implementar um barco. Eles descartaram essa parte da missão, mas deixaram a ilha lá mesmo assim. A maleta de Ourumov (encontrada no nível Silo) deveria conter uma chave que destrancava uma porta mais tarde no nível, mas a porta também foi deixada de fora. O mesmo acontece com Sean Connery e todos os outros personagens “clássicos” de Bond que não entraram no modo multiplayer: embora existissem nos estágios beta, eles não chegaram ao jogo final (talvez devido a direitos de semelhança ou restrições de tempo para a produção).

Metal Gear Solid
O Pedro Zambarda, esse fã incondicional de Metal Gear Solid, trouxe uma imagem com um easter egg do jogo.
Na cena, é possível encontrar um console Nintendo 64 e também bonequinhos do Mario e do Yoshi sobre um painel de computadores no game.

E também em game brasileiro…

Tcheco
O personagem criado pelo desenvolvedor e animador brasileiro Marcelo Barbosa tem participação em dois games, além de seus próprio jogos Skatemasta e Tcheco no Castelo de Sarney.

Tcheco aparece em uma fase de Oniken, do estúdio JoyMasher, e também em Balloon, da Odig Games.
Ballon, de 2014, parece não estar mais disponível nas lojas virtuais.

Tcheco também está em uma tirinha da seção Cartum, do Drops de Jogos, que você pode conferir nesse link.

Abaixo, você confere o vídeo com as principais informações sobre easter eggs apresentadas no programa.

Imagem: reprodução de easter egg de Doom 2, com a face de John Romero.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments