Conseguimos garantir espaço e cumprimos o papel ao qual nos propusemos, diz idealizador do HeartBits

Frente às muitas dificuldades encontradas para participar da Virada Cultural desse ano, organização avalia que o HeartBits cumpriu sua agenda e garantiu espaço aos games no evento. Vejas as imagens do lounge.

  • por em 30 de maio de 2016
Imagem: reprodução de arte de Raul Tabajara

O lounge HeartBits, que fincou os pés da Cultura de Games na Virada Cultural de São Paulo pelo segundo ano consecutivo, foi um tour de force, que exigiu determinação e profissionalismo da equipe de organização para sua realização em 2016.

"Havia mais disputa de espaço e orçamento, o que foi bem complicado para o HeartBITS, uma vez que nosso espaço do ano passado (Museu do Theatro Municipal) estava envolvido em disputas de ocupação", explicou Ariel Velloso, idealizador do projeto, elencando as dificuldades encontradas este ano para manter o evento de games.

"No fim das contas, com muito suor, conseguimos garantir espaço faltando duas semanas para o evento. Sabíamos que lutaríamos contra o tempo e que não teríamos uma edição tão forte quanto gostaríamos, mas ponderamos que seria melhor manter o evento e 'guardar' nosso lugar na Virada, do que desistir e perder espaço futuramente", observou.

O profissional comentou outros percalços da produção, como a falta de divulgação do lounge, que sequer foi incluído no Guia da Virada "Não sabemos exatamente o motivo disso", desabafou. "Esses fatores nos atrapalharam bastante em termos de visitantes, mas sinto que cumprimos o papel ao qual nos propusemos, e quem participou foi só elogios", afirmou, confirmando as impressões do Drops de Jogos, que acompanhou os dois dias do projeto.

A fala do assessor de jogos da Spcine não se limita aos problemas encontrados, ao contrário, e Ariel enfatiza o empenho do parceiro Alexandre de Sá, do estúdio Vortex: "Embora seja um evento idealizado e coordenado pela Spcine, ele é produzido pelo Alexandre Ribeiro de Sá (Vortex Game Studios), e preciso agradecê-lo por fazer um trabalho incrível em pouquíssimo tempo, oferecendo um ambiente mais coeso que na primeira edição em muito menos tempo".

Mesmo com uma série de surpresas para a realização do evento, a organização merece reconhecimento pela determinação em marcar a presença dos games na Virada, evento singular para a diversidade cultural da capital paulistana. Veja, abaixo, as imagens do lounge de games deste ano.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Vídeos