Live Cultura dos Videogames manda um recado sobre BIG Festival e Gamescom Latam

Vamos falar de Gamescom Latam?

BIG Festival na chamada principal do VG247. Foto: Reprodução

BIG Festival na chamada principal do VG247. Foto: Reprodução

Na live Cultura dos Videogames desta sexta (1), lembramos de uma tradução que eu fiz em 5 de julho de 2023: O site britânico VG247 apontou o BIG Festival 2023 como um possível “sucessor” para a E3. Reproduzimos abaixo a transmissão e o texto na íntegra e fazemos uma pergunta no final.

“Esqueça o Summer Game Fest: para você encontrar o verdadeiro sucessor da E3, é necessário olhar para fora dos Estados Unidos”, mancheta o site britânico VG247, da Gamer Network. O texto, assinado pelo editor-chefe Dom Peppiatt, que também é colunista do jornal The Guardian.

Há muitos pontos bons e interessantes na visão internacional do evento BIG Festival 2023, que muitas vezes escapam do olhar brasileiro. Enquanto vivemos uma situação social e econômica delicada, o jornalista aponta que a feira não perdeu a sua essência: os jogos independentes.

“O BIG Festival do Brasil é uma convenção exuberante, com entusiasmo e energia – e algo que outros grandes game shows podem aprender”. E ele prossegue: “Você sabe a pior coisa sobre a E3, no final das contas? Parecia tudo tão falso. Foi o evento equivalente àquele meme de Steve Buscemi ‘como vão, colegas?’ – corporações agitando e pedindo para você ‘sair’, assistir a alguns ‘trailers de jogabilidade radicais’ e se envolver com sua marca”.

“Abrindo para o público, a E3 não sabia bem o que queria ser: era uma mega-feira corporativa B2B que primava por reuniões e apertos de mão secretos a portas fechadas? Ou foi um festival de jogos moderno, jovem e legal que entendeu o que era ser um jogador da Geração Z disposto a gastar muito dinheiro para chegar ao centro de LA por alguns dias e aproveitar as vibrações?”.

O texto lembra que a Summer Game Fest de Geoff Keighley substituiu a feira americana mais relevante e então sentencia: “É possível que a autenticidade do BIG venha de como o evento é organizado: na feira, a grande maioria dos expositores são desenvolvedores indies. Há toda uma fileira de jogos independentes do Brasil, exibidos com orgulho no meio da sala de exposições. Jogadores ansiosos – de crianças a idosos! – faça fila para demonstrar títulos pequenos e atraentes dos quais você provavelmente nunca ouviu falar.

Enquanto isso, Warner Bros., Microsoft, Ubisoft e Konami… estão todos de lado, limitados a pequenos estandes, com espaço para se promoverem discretamente. Aqui, os criadores menores têm voz mais alta, e isso é incrível. Terei um artigo separado no site em breve sobre os melhores jogos menores que joguei aqui, mas esse foco e paixão pela parte mais básica do cenário de desenvolvimento é revigorante”.

E finaliza, citando o game premiado pelo evento.

“Ao sentar para escrever este texto, ouço alguns paulistanos rindo e torcendo enquanto concluem a demo de Bloodless – um estilo retrô de ação e aventura que ganhou o prêmio de Melhor Jogo Brasileiro no BIG. É difícil não ficar impressionado com o que está acontecendo aqui. A vibração aqui está muito longe do dubstep pulsante e das demos de jogos repetidos sem fim da E3, e uma experiência mais aberta e comemorativa do que o campus fechado no Summer Games Fest”.

É mole? O Brasil está com moral lá fora. Leia o texto completo, em inglês, aqui.

A fusão da Gamescom Latam, em 2024, com o BIG vai trazer esse frescor do evento no ano que vem? É a pergunta que fica.

LEIA MAIS

1 – Primeiras impressões do FC 24, o FIFA sem nome FIFA. Por Pedro Zambarda

2 – Armored Core VI: Fires of Rubicon, uma resenha. Por Pedro e Paulo Zambarda de Araújo

BIG Festival na chamada principal do VG247. Foto: Reprodução

BIG Festival na chamada principal do VG247. Foto: Reprodução

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments