ACIGAMES divulga documento discutindo se gamificação é uma tendência

Associação Comercial, Industrial e Cultural dos jogos eletrônicos do Brasil (ACIGAMES) divulgou no dia 2 de outubro um documento chamado "Gamificação: Uma tendência ou um fato?". O texto é assinado por Rodrigo Messas Von Gal, associado que tem uma carreira de 11 anos na Microsoft. Ele aponta que o termo gamificação surgiu em 2002 nos textos do autor Nick Pelling e ganhou popularidade em 2010.

Foto: OviedoEmprende/Flickr/Creative Commons

"As técnicas de gamificação se esforçam para alavancar desejos naturais das pessoas para a socialização, o aprendizado, o domínio, a concorrência, realização, status, autoexpressão, o altruísmo, ou encerramento. Estratégias de gamificação primeiro usam recompensas para jogadores que realizam tarefas desejadas ou a concorrência para contratar jogadores", frisa o autor sobre o funcionamento desta lógica dentro do ramo empresarial. Von Gal cita a Khan Academy, que dá aulas na internet, como um exemplo deste modelo com estudantes.

O documento conclui que este formato tende a se expandir em práticas empresariais e cotidianas justamente pelo avanço da tecnologia em países pobres, como uma ferramenta de emancipação. "Gamificação é apenas um termo para transformar atividades diárias, os desafios e as coisas normais em uma forma um pouco mais divertida envolvendo as pessoas para fazer a mesma coisa de uma forma diferente".

Ficou com curiosidade? Leia abaixo o material da associação brasileira.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura