Cartuchos de Atari desenterrados no Novo México rendem US$ 100 mil em vendas

Cartuchos encontrados durante a gravação do documentário de 2014 viram febre no Ebay.

  • por em 1 de setembro de 2015

O periódico Alamogordo Daily News, do Novo México, informou na última semana que os cartuchos de jogos da Atari encontrados no lixão da cidade durante as escavações realizadas para a gravação do documentário Atari: Game Over, de 2014, já renderam uma pequena fortuna em vendas.

Joe Lewandowski, o consultor que operacionalizou as escavações na cidade, informou ao Conselho da cidade uma arrecadação total de aproximadamente US$ 107 mil, fruto das negociações do material encontrado, através do site de leilões Ebay. Subtraídos os custos com aproximadamente US$ 26 mil, o restante será partilhado ente a administração local, com algo em torno de US$ 65 mil, e a Tularosa Basin Historical Society, entidade que recebe os US$ 16 mil finais.

De acordo com o profissional, que ficou conhecido como o Indiana Jones de Alamogordo, foram vendidos 881 cartuchos e outros 297 permanecem guardados como um acervo histórico da lenda urbana, que se manteve um mistério por mais de 30 anos, até a descoberta e confirmação da existência dos cartuchos da Atari.

"Ainda estamos mantendo um arquivo com 297 cartuchos, que vamos vender posteriormente, quando decidirmos o que fazer com eles", afirmou ao jornal. "Eu posso vendê-los se um segundo filme sair, mas por enquanto vamos apenas mantê-los guardados. A empresa do documentário ficou com 100 jogos e 23 foram para museus. Os [jogos] vendidos foram para 45 estados e 14 países", concluiu.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura