Como ter mais futebol na sua vida (inclusive com games)

Esporte e games

Veja o futebol

Futebol. Foto: Unsplash

Quem é fanático por futebol sabe que um jogo que está passando na televisão pode ser uma coisa bastante interessante a qualquer momento. Além de acompanhar seu time, poder secar os rivais, ver competições de todo o mundo e especialmente a Copa do Mundo, dá para ter muito mais futebol na sua vida.

Como? É isso que vamos apontar agora.

Simuladores e apostas

As casas de apostas estão crescendo no mundo todo e o número de competições que elas oferecem é enorme. Desde as principais como ligas do Brasil, Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, até torneios em países com pouca tradição, jogos de categorias de base, divisões inferiores e muito mais.

Mas além disso, essas plataformas também oferecem simuladores bem legais, permitindo apostas em jogos virtuais de equipes próprias. Os resultados e ações são definidos por puro acaso com um algoritmo inteligente.

Também não dá para esquecer dos eSports e como essas plataformas de apostas não só permitem palpites nos torneios mas também fazem o streaming dos jogos muitas vezes. Ou seja, quem gosta de futebol tem um prato cheio.

eFootball, FIFA e mais

Uma notícia importante de 2021 é que o FIFA não será mais um jogo da EA Sports em breve. A parceria da instituição reguladora do futebol do mundo com a empresa de jogos não será renovada e ambos devem caminhar por trilhas separadas a partir já de 2022.

Como será o jogo de futebol da EA sem o apoio da FIFA, mas com direitos de competições e exploração do nome dos atletas já acertado por anos a fio? O que a FIFA vai fazer? Uma nova parceria com outra desenvolvedora?

Além disso ainda tem o eFootball, antigo Pro Evolution Soccer (e eterno Winning Eleven para os mais antigos), que mudou sua cara neste ano e também tem parcerias com diversos clubes, como o Barcelona. Com a explosão dos games mesmo com a economia em momento difícil, é normal que surjam ainda mais títulos.

Fantasy

A ideia do fantasy nos esportes surgiu nos Estados Unidos há um bom tempo e veio para o Brasil especialmente com o Cartola. Nele é possível jogar um jogo “paralelo” ao que acontece em campo, escalando equipes com diversos jogadores para concorrer contra seus adversários e quem tiver uma equipe com mais pontos ganha.

O Cartola já está presente há anos, mas explodiu recentemente, com versões pagas, prêmios enormes e maior exposição nos jogos da TV Globo, Sportv e Premiere. Quem gosta de fantasy terá muitas alegrias (e também passar raiva com aquele atacante que não faz gol e está na sua equipe).

Documentários, lives, filmes…

Por muito tempo a produção audiovisual do futebol ficou meio parada, com poucos lançamentos para quem ama o esporte e boas histórias. O avanço dos streamings explorou o fanatismo das pessoas e trouxe bastante material.

A série All or Nothing é um exemplo da Amazon é um exemplo. A empresa segue um clube por bastante tempo – pode ser alguns meses ou até uma temporada inteira – e começou com o futebol americano antes de pular para outros esportes. O Manchester City de Pep Guardiola foi protagonista de uma das edições, com acesso completo às instalações e sem pudores em mostrar discussões, dificuldades e superação.

A própria Amazon também criou uma série de 10 episódios sobre Maradona, lançada logo após a morte do lendário jogador argentino. Para os brasileiros não falarem que estão largados, o Netflix lançou um documentário de duas horas sobre Pelé, explorando sua carreira e alguns pontos sensíveis, como o uso de sua imagem pela Ditadura Militar do Brasil.

Os clubes e jogadores estão se abrindo para o poder do audiovisual e essa necessidade e curiosidade dos torcedores e apaixonados por futebol. O atacante Gabriel Barbosa do Flamengo teve sua série gravada e lançada no Globoplay e o Botafogo permitiu uma equipe de filmagem na sua dura batalha na Série B, conseguindo o acesso para a primeira divisão em 2021 mesmo com problemas financeiros.

Quem gostar de futebol terá muitas opções de conteúdo audiovisual para conferir, inclusive nos streamings e plataformas digitais em geral.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments