Confirmada a participação de GamerGaters na criação da montagem fotográfica do ‘homem-bomba’ de Paris

Ao menos dois indivíduos apoiadores do controverso movimento estariam diretamente envolvidos no episódio.

  • por em 18 de novembro de 2015
Imagem: montagem a partir de fotos do site Vice

Há dois dias, o Drops de Jogos publicou artigo denunciando o envolvimento de um ou mais apoiadores do GamerGate na fotomontagem digital que sugeria a participação de Veerender Jubbal, um jornalista sique residente no Canadá e reconhecidamente contrário ao movimento de ódio que ronda o mundo dos games, como um dos terroristas do atentado em Paris. À ocasião, não faltaram manifestações de internautas brasileiros, afirmando que não haviam comprovações da participação de GamerGaters ou seus apoiadores no episódio e que o artigo em questão alardeava um fato inexistente para conquistar audiência com estardalhaço. Agora, reportagem do site Vice identificou não uma, mas várias evidências que confirmam a participação de pessoas do movimento no caso.

Segundo informações do artigo assinado por Rich Stanton, a imagem que correu o mundo foi 'tuitada' pelo usuário Blacktric (@Bl4ptrep) com o subtítulo: ".. A foto de um dos homens-bomba suicídas de Paris foi divulgada. Ele postou a foto no Twitter, pouco antes do ataque". A imagem, na verdade, fora criada meses antes por Sad Person (@turd_wartsniff), um dos interlocutores de Blacktric no microblog, como é possível ver no print de tela disponível ao lado, retirado deste link.

"Membros do grupo negaram qualquer conexão entre o GamerGate e a imagem 'photoshopada' do Sr. Jubbal, mas podemos provar a ligação", informou o site, sustentando que o autor da manipulação digital chegou a utilizá-la três vezes antes do atentado em Paris. Um tuíte de Blacktric atesta a autoria de Sad Person, afirmando que a composição pertence a @turd_wartsniff ("@ZaganEDF Shoop belongs to @turd_wartsniff. Not me"). O internauta é famoso pela criação de outras montagens fotográficas com personalidades que ficaram notórias como opositores ao GamerGate, a exemplo de Anita Sarkeesian, Zoë Quinn e Brianna Wu, entre outros. Blacktric, o disseminador da foto em 13 de novembro passado, também conta em seu histórico com várias indicações de apoio explícito ao GG, como demonstra a reportagem. A mais evidente talvez seja a opinião dada em resposta a um desafeto na rede, em que diz: "fanáticos retardados como você dão a nós [integrantes do GamerGate] má reputação". A imagem arquivada pode ser conferida aqui. O site argumentou ainda que antes de deletar seu perfil no Twitter, Blacktric afirmava que "O Gamergate é a melhor coisa que já aconteceu tanto aos games quanto ao jornalismo."

O Vice reforça em sua avaliação ser "irrefutável que tanto o indivíduo por trás da criação desta imagem quanto o indivíduo que a disseminou, tendo em mente os ataques de Paris, estão intimamente ligados ao GamerGate". Não por acaso, após a falsa imagem de Veerender Jubbal ter alcançado grande repercussão, as contas de Blacktric e Sad Person no microblog teriam desaparecido misteriosamente. Parece natural que a maioria dos apoiadores do GamerGate queira dissociar a imagem do controverso movimento à de personagens ainda mais controversos como Blacktric e Sad Person. "Mas é impossível negar que as ligações existem", finaliza o artigo.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

 

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura