Em workshop no Brasil, especialista norte americano enfatiza o aprendizado com games

Professor da universidade norte-americana de Ohio, Jeff Kuhn apresentou os modelos pedagógicos para o ensino de línguas com base em jogos digitais.

  • por em 24 de julho de 2015
Imagem: Divulgação - Centro Paula Souza

O professor da universidade norte-americana de Ohio Jeff Kuhn esteve no último dia 22 de julho no Centro de Capacitação do Centro Paula Souza, em São Paulo, onde desenvolvu um workshop explanando as qualidades do uso de games para o aprendizado de línguas.

O profissional é PhD em tecnologia instrucional na área de jogos e aprendizagem de línguas, com mestrado em linguística pela mesma universidade. Em sua pesquisa e palestras proferidas o professor enfatiza que não é a tecnologia o divisor cultural entre os nativos e os imigrantes digitais, mas a transição da condição de consumidores de cultura para a de criadores de cultura. "As novas mídias, incluindo os jogos, nos oferecem escolha nos resultados, e as decisões que tomamos determinam as consequências na história", sintetiza em seu paper "Gaming the Classroom – Designing for Context", apresentado em abril desse ano. No texto, o autor cita exemplos: "Em The Sims, os jogadores têm um número abrangente de verbos: construção, projetar, comunicar, comprar, trabalhar, jogar e aprender. As escolhas que os jogadores fazem determinam os resultados", analisa. "Gee (James Paul, 2004) afirma que os jogos fazem isso tão bem porque permitem que os alunos se tornem agentes ativos, moldando o mundo do jogo e a narrativa como entenderem", completa o raciocínio.

O pesquisador esteve no país a convite da Embaixada dos Estados Unidos, por meio do Regional English Language Office (Relo) para a realização de um encontro voltado aos docentes de inglês da instituição, com o objetivo incentivar o uso de tecnologias em sala de aula. O workshop realizado contou com a presença de professores da rede de ensino e profissionais da pedagogia.

Fonte: Centro Paula Souza

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments