Ministério do governo Lula lança edital para levar empreendedores até o Pará e inclui games

MinC vai investir R$ 1,118 milhão no edital que irá levar 260 empreendedores culturais e criativos

Lula

Lula. Foto: Ricardo Stuckert

Informação do site gov.br. MinC, Ministério da Cultura do governo Lula, lança edital para levar empreendedores culturais ao maior Mercado público das Indústrias Criativas do Brasil. Evento será em Belém, no Pará, entre os dias 8 e 12 de novembro de 2023.

Ministério da Cultura (MinC) realiza de 8 a 12 de novembro de 2023, em Belém, no Pará, a 3ª Edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MICBR), um mega evento que inclui rodadas de negócios, atividades de networking, showcases, mentorias, conferências, mesas de debate e atividades culturais. Para compor a delegação comercial brasileira, o MinC vai investir R$ 1,118 milhão no edital que irá levar 260 empreendedores culturais e criativos. As inscrições começam nesta quarta-feira (19), e seguem até 17 de agosto, na Plataforma Mapas da Cultura.

Podem concorrer empreendedores atuantes nos seguintes setores: artesanato, audiovisual e animação, circo, dança, design, editorial, hip hop, jogos eletrônicos, moda, museus e patrimônio, música, teatro e áreas técnicas relacionadas à economia criativa.

A ministra da Cultura, Margareth Menezes, destaca a importância da realização do evento para o fortalecimento e expansão da economia criativa no país. “Um país como o Brasil tem um potencial enorme para se desenvolver social e economicamente através da cultura. O MICBR é parte central da política pública do Ministério e do Governo Federal voltada à promoção de mercados criativos e à geração de emprego e renda por meio da economia criativa”, explicou.

A chefe da Cultura ressalta, ainda, que a produção desse grande evento no Norte do país pretende valorizar as potencialidades comerciais da região, dar maior projeção à diversidade cultural dos povos amazônicos e incentivar a descentralização dos investimentos e ações culturais.

O MICBR pretende fomentar e impulsionar o crescimento dos setores criativos, facilitar a circulação de bens e serviços culturais, estimular a internacionalização da produção cultural nacional e promover a profissionalização dos agentes culturais brasileiros. Além disso, o mercado reúne centenas de empresas e milhares de criadores e empreendedores dos setores culturais e criativos do Brasil e de outros países.

Realizado em parceria entre o MinC e a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI), o MICBR 2023 contará com uma programação que inclui 15 setores criativos, seis a mais que a última edição, são eles: Áreas Técnicas, Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual & Animação, Circo, Dança, Design, Editorial, Gastronomia, Hip Hop, Jogos Eletrônicos, Música, Moda, Museus & Patrimônio e Teatro. Uma Cozinha-Show com foco na culinária, sabores e ingredientes da região norte vai marcar o espaço da gastronomia no evento.

A programação  inclui, também, rodadas de negócio, apresentações para venda de ideia, projeto ou negócio (pitchings),  apresentações artísticas curtas com fins comerciais (showcases) e atividades formação de redes de contatos (networking). Também são realizadas atividades formativas como mentorias, oficinas, palestras magnas (key-notes), mesas redondas e painéis e apresentações artísticas.

LEIA MAIS

1 – Pedro e Paulo Zambarda dão suas impressões sobre One Piece Odyssey e The Legend of Zelda: Tears of Kingdom

2 – Sangue, Suor e Pixels é o melhor livro sobre história de desenvolvimento de jogos. Por Pedro Zambarda

Lula

Lula. Foto: Ricardo Stuckert

Edital

Serão garantidas cinco vagas para compradores/demandantes e 15 para vendedores/ofertantes em cada setor. O preenchimento das vagas obedecerá ao critério de distribuição regional, de forma a contemplar três Vendedores/Ofertantes por região brasileira (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul) nos 12 setores criativos e no setor voltado às áreas técnicas.

As propostas selecionadas serão beneficiadas com apoio financeiro para participação no MICBR 2023; inscrição gratuita no evento; cadastro na plataforma oficial para organização de rodadas de negócios, e participação em atividades de capacitação prévia às rodadas de negócios. O apoio financeiro é calculado por região brasileira, considerando o endereço residencial do/a beneficiário/a

Inovações

Depois de duas edições, a primeira em São Paulo, em 2018, e a segunda, virtual, em 2021, o MICBR volta com novidades. Pela primeira vez, o mercado contará com rodadas separadas para cada setor das artes cênicas – circo, dança e teatro. Quem também estreia no evento, é o hip hop, segmento que foi contemplado, com sucesso, no edital do Mercado de Indústrias Culturais Argentinas 2023, em junho.

A inclusão de um setor voltado às áreas técnicas nas atividades de negócios e formativas também é uma inovação da edição 2023.  “É uma demanda antiga dos trabalhadores da cultura que viabilizam a realização de obras, produções e serviços culturais”, destaca a Diretora de Desenvolvimento Econômico da Cultura, Andrea Guimarães.

América do Sul

A organização de mercados públicos de economia criativa se transformou em uma característica da América do Sul. Na última década, surgiram cinco mercados nacionais, na Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e Paraguai, e um regional (Mercado das Indústrias Culturais do Sul – MICSUL). A iniciativa promove a cultura latino-americana e o comércio de bens e serviços culturais. 

Em junho, Buenos Aires sediou a 7ª edição do Mercado de Indústrias Culturais Argentinas (MICA), tendo o Brasil como convidado de honra. Com um investimento de R$ 1,4 milhão, o MinC levou 90 empreendedores nacionais para as rodadas de negócios e atividades formativas do evento. A programação artística também representou um apanhado da diversidade cultural do país.

Inscrição

Edital MICBR 2023

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments