ONG Narrativa da Imaginação entra em campanha de financiamento coletivo para sede de estudos

Grupo de pesquisa e trabalho com jogos narrativos para a educação busca financiamento para sede própria.

  • por em 21 de outubro de 2015
Montagem com Pixel art de Russ Rosenberg

A Narrativa da Imaginação, associação de defesa, promoção e acesso a cultura e educação com jogos narrativos sediada em Uberlândia, Minas Gerais, lançou esta semana uma campanha de financiamento coletivo através do site Kickante para a locação e manutenção de uma sede própria, para a realização de suas atividades e pesquisas.

A intenção, informam, é atender aos professores de rede pública de Minas Gerais por meio de projetos de aprimoramento da qualidade de suas relações com os alunos, com a escola e consigo mesmos por meio da realização de jogos capazes de promover a interação e o diálogo.

A organização não governamental, uma OSCIP com utilidade pública municipal, atua na produção, divulgação e aplicação de jogos narrativos como RPGs, Larp, sword play, jogos de cartas e tabuleiros modernos e linguagens artísticas inovadoras para educação. Segundo os cálculos da associação, os valores arrecadados deverão arcar com a locação do imóvel por 12 meses (48% do total), custeio de um curso de metologia Role Playing em 2016, para 25 professores da rede pública (20%), custeio de materiais da sede como  mesas, cadeiras e pintura (10%), pagamento de água, luz telefone e internet (4,5) e taxas do site de arrecadação, que3 somam cerca de 17,5%.

"O jogar em si é uma linguagem que interconecta pessoas, e em uma sociedade excludente, conhecer diferentes instrumentos que permitam aos sujeitos se aproximarem, interagirem e produzirem novos saberes abre uma área para estudos aprofundados justamente para a melhoria na qualidade de vida", explicou Rafael Rocha, presidente da OSCIP, pesquisador da FAPEMIG e editor-chefe da Revista Mais Dados, em entrevista concedida em 2014.

A associação já é reconhecida pela criação e publicação da revista Mais Dados, veículo de pesquisas acadêmicas sobre jogos e entretenimento educacional, já em sua segunda edição disponível online.

A meta do grupo é arrecadar R$ 50 mil e o público pode contribuir com doações até o dia 18 de novembro de 2015.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura