Seis livros fundamentais para iniciar ou se aprimorar em Game Design

A compilação não engloba toda a produção literária para o desenvolvimento de games, mas apresenta bons materiais, cujos conteúdos se complementam.

  • por em 22 de junho de 2016

Criar games é hoje, mais do que nunca, meter a mão na massa e fazer acontecer. Os desenvolvedores independentes têm mostrado suas capacidades e competências, mas o conhecimento adquirido por décadas de produção no mercado é um diferencial importante, que pode ser a chave para o sucesso de seu jogo.

Autores renomados por seus projetos de games e capacidade de sintetizar informação de forma útil e agradável estão se dedicando a produzir material de qualidade para estimular o aprendizado dos novos desenvolvedores.

O Drops de Jogos elencou seis obras que apresentam um panorama do processo criativo e desenvolvedor de games, com riqueza de conteúdo e fácil entendimento. São trabalhos que visam o aperfeiçoamento dos jovens criadores e a possibilidade de produzir games instigantes e capazes de divertir o ávido público desse mercado. Confira:

The Art of Game Design: A book of lenses
O livro apresenta conceitos e fundamentos de desenvolvimento de games que vão do básico ao avançado. Escrito em 2008 por Jesse Schell, professor de Tecnologia do Entretenimento no Entertainment Technology Center (ETC) da Carnegie Mellon University, o livro mostra que os mesmos princípios básicos de psicologia encontrados nos jogos de tabuleiro, jogos de cartas e jogos atléticos também são válidos para os jogos digitais. As ‘lentes’ a que se refere o título são 100 questões gerais que dão novas perspectivas ao desenvolvedor de jogos.

Game Design Secrets
Obra de 2012, de Wagner James Wu, designer e escritor para games, responsável pelo roteiro do MMO City of Eternals, o livro apresenta informações úteis sobre o design de games para plataformas como Facebook e iOS. O escritor define, já no início que, mais do que ensinar a produzir games, seu objetivo é fazer com que o desenvolvedor considere as alternativas de viabilidade econômica do projeto e seu efetivo retorno financeiro. “Para continuar a fazer jogos e para continuar a ter a liberdade de fazê-los da maneira que quiser… bem, você precisa fazer uma quantidade razoável de dinheiro, também. É para isso que esse livro foi feito”, diz a introdução.

Game Design – Theory and Practice
O livro é uma das obras essenciais para o design de games, ainda que não seja um título recente, considerando que o trabalho foi escrito em 2004. No entanto, muitas de suas bases permanecem atuais e o livro explora informações importantes sobre o que buscam os jogadores, os elementos fundamentais de Gameplay, Storytelling, Level Design e GDD, entre outros, além de apresentar capítulos com análises de jogos como The Sims, Centipede e GTA. Richard Rouse III trabalhou com design de games para as principais plataformas, de PC a Dreamcast e XBox, entre outros e escreveu sobre games para diversos veículos online.

Awesome Game Creation: No Programming Required
Livro de 2008, de Jason Darby, diretor de games e aplicativos da empresa Castle Software Ltd, o texto abre diálogo com o público interessado em desenvolver games mas que não possui conhecimento de programação, um dos maiores entraves para os criativos candidatos a esse mercado. Ao longo dos capítulos, além de informações sobre elementos do design de games como criação de arte, sound design e interface para controles de games, o autor introduz princípios básicos de programas como Game Maker, Games Factory e FPS Creator, todos voltados a oferecer a oportunidade de criar jogos sem programação.

Level Up! The Guide to Great Video Game Design Book
A partir de exemplos como God of War, Pac-man World, Drawn to Life e Darksiders, Scott Rogers tenta responder de forma fácil e rica de detalhes a pergunta fundamental a qualquer designer de jogos: Como criar um jogo realmente matador?
O livro é recheado de apêndices com exemplos de modelos e documentos de desenvolvimento de games, abrangendo todas as etapas do processo.
Embora não falte seriedade e competência técnica ao autor, Rogers conduz a narrativa de suas explanações com um texto extremamente bem humorado, que deve agradar aos jovens iniciantes e gente que busca conhecimento e diversão em um só conteúdo.

Game Design Workshop: A Playcentric Approach to Creating Innovative Games
Trabalho publicado em 2008, escrito por Tracy Fullerton, designer norte-americana de games e Chair na área de Electronic Arts of Interactive Entertainment na Universidade do Sul da Califórnia. O livro oferece os princípios do design de games da mesma forma como outras obra aqui já apresentadas, mas difere seu viés ao apresentar o papel do designer de games, as diferenças estruturais entre os tipos de games, os elementos formais constituintes dos jogos, regras, aspectos da dramaticidade e formas de prototipagem, entre outros detalhes. Os últimos capítulos se voltam à indústria de games e dão informações importantes ao interessado para compreender esse mercado e encontrar caminhos para vender seus projetos e ideias aos potenciais clientes do meio produtor.

Obviamente, existem ainda inúmeras outras obras que abordam aspectos diversos da elaboração, produção e mercado de games. Vale dar uma pesquisada e conhecer outros autores e obras literárias para o desenvolvimento de games.

Fonte: Play'n'Biz

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Cultura