O fenômeno dos games chega às telas da HBO MAX: Por que assistir?

Detalhes

Ilustração de personagem do The Last of Us

Ilustração de personagem do The Last of Us

O mundo dos games tem dominado as telas de computador e celular há algum tempo, mas agora está chegando às telas da HBO MAX! Neste artigo, falaremos sobre o motivo pelo qual o fenômeno dos games chega às telas da HBO Max e por que você deve assistir a The Last of Us.

A indústria dos games encontram o cinema e as series

A HBO Max é a nova plataforma de streaming do canal HBO e acaba de anunciar que vai exibir séries e filmes baseados em jogos.

Como os fãs de games estão cada vez mais consumindo conteúdo audiovisual, os canais e redes de Steam aposta nesse nicho para atrair um público maior.Alguns dos grandes nomes estão envolvidos nessa jogada e podem ser vistos por todo lado.

Ilustração de personagem do The Last of Us

Ilustração de personagem do The Last of Us

Um deles, e que se tornou muito famoso, é “The Witcher“. Nesse ano, inclusive, recebeu uma nova adaptação contando a origem do personagem principal. Além deste também é possível ver:

  • Warcraft
  • Uncharted
  • Arcane
  • The Witcher: A Lenda do Lobo
  • Castlevania
  • E muitos outros

Para quem não é familiarizado com esses jogos, pode parecer estranho que uma plataforma de streaming esteja investindo tanto em conteúdo baseado neles. Mas os games são um fenômeno cultural que tem crescido cada vez mais nos últimos anos e conquistado um público diversificado.

Não é a toa que alguns dos jogos mais populares do mundo, como “Fortnite” e “League of  Legends”, têm milhões de fãs no mundo todo. E a HBO Max espera se aproveitar desse sucesso para levar conteúdos originais baseados no jogo para o seu serviço.

Muitas possibilidades nos games

A HBO Max não é a primeira plataforma de streaming a apostar em conteúdos baseados em games. Exemplos são as séries Arcane sobre o universo de “League of Legends” exibido pela Netflix e a série sobre “Resident Evil” que está sendo produzida pela Amazon Prime Video.

Isso mostra que essas plataformas de streaming reconheceram o potencial dos games como fonte de entretenimento e estão investindo nesse nicho.

Série Arcane na TV

Série Arcane na TV

Além disso, outras grandes produtoras também estão interessadas em explorar essa área para criar novas histórias. A Netflix também tem investido em projetos baseados em jogos, assim como a Sony Pictures e a Warner Bros.

Outra forma que as produtoras estão usando para explorar o mundo dos games é através da produção de séries e filmes live-action. Exemplos disso são os filmes “Detetive Pikachu” e “Sonic: O Filme“, além da série de TV sobre o jogo “The Witcher“.

Apesar desses projetos terem sido bem recebidos pelos fãs, eles também enfrentaram algumas críticas por não conseguir manter a essência do jogo original. Isso mostra que para criar conteúdos baseados em jogos é preciso ter muito cuidado para não desagradar os fãs.

Ainda assim, outro caminho que se pode tomar é agradar um novo público para jogar o jogo e conhecer a história com um enredo totalmente novo.

Apostas para saber o final

Mão segurando a parte 2 do The Last of Us

Mão segurando a parte 2 do The Last of Us

O mais interessante nessas adaptações é que acaba sendo imprevisível o que vai acontecer, já que se for igual ao jogo pode acabar se tornando repetitivo e chato de acompanhar. Por isso, as adaptações apostam em um olhar novo sobre a narrativa do jogo.

Isso pode ser interessante também para quem gosta de adivinhar o que vai acontecer, inclusive tem gente que faz dinheiro com isso apostando nas suas séries favoritas e até em BBB, você sabia disso?

Sim, muitos sites de apostas online como a Betano colocam um tipo de aposta especial para que você possa fazer seus palpites sobre os eventos mais interessantes em muitas séries e filmes. O que acaba empolgando muitos para dar seus lances e acabar rendendo uma grana se divertindo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments