Ceará promove Global Game Jam com ciclo de palestras e produção de indie games em 48h

Evento acontece no final de semana, com apoio de várias instituições e do governo local.

  • por em 4 de novembro de 2015

Um grupo de jovens dedicados à produção de games independentes de Fortaleza está organizando, com apoio do governo local e vários parceiros, a Global Game Jam Ceará. O evento oferece o tradicional período de 48 horas para a criação de indie games temáticos e um ciclo de palestras com profissionais da área.

As palestras acontecem com a intenção de preparar os desenvolvedores interessados a participar da jornada de desenvolvimento, auxiliando àqueles que nada conhecem sobre o assunto na compreensão das etapas de criação de um jogo. Durante a realização do desafio de games, Daniel Lacerda, desenvolvedor do ToPlay Studio, apresentará a palestra Scrum no Processo de Desenvolvimento de Jogos; Marcus Botelho, profissional com vários projetos em andamento, falará sobre Gestão de Tempo em uma Game Jam; Ítalo Furtado, ilustrador e desenvolvedor, dará dicas de criação de personagens para jogos; e Elson Pegado, fundador do Bugaboo Studio, explicará detalhes sobre o desenvolvimento de modelos 2D para animação com o sistema Unity.

O Global Game Jam é um projeto que ocorre ao redor do mundo, no qual desenvolvedores e artistas se reúnem presencial ou virtualmente para desenvolver jogos digitais. Em apenas dois dias, centenas de jogos com ideias inovadoras são produzidos. A jornada cearence ocorre no Porto Iracema das Artes, espaço dedicado ao fomento da cultura no Ceará. A atividade é gratuita e o interessado em participar não necessita apresentar quaisquer requisitos técnicos, além do desejo de aprender, informam os organizadores.

Serviço – Global Game Jam Ceará
Data: Dia 07 de novembro, das 15h às 19h30
Local: Porto Iracema das Artes
Endereço: Rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema, Fortaleza, CE
Informações: www.ggjce.com

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie