Desenvolvedor indie cria game de exploração baseado em poema de T S Eliot

Para o criador, games de exploração são recursos ideais para transmitir as emoções do poema.

  • por em 22 de maio de 2015

O desenvolvedor indie norte americano David Wehle é um apaixonado por T S Eliot e criou a partir do poema clássico 'The Four Quartets' o projeto Home is where one starts.

O produtor define a história do jogo como "uma memória para o narrador, mas uma experiência para o jogador", em um trabalho de apresentação visual e cores poéticas, no qual o jogador deverá explorar o ambiente em busca de respostas introspectivas de sua infância, mais do que tesouros ou conquistas. "Posicionei cuidadosamente todos os objetos [no game] para contar uma história sobre infância e esperança", disse o criador em entrevista ao site Engadget. "Acho que jogos de exploração são perfeitos para esse tipo de contação de histórias", continuou, afirmando que o jogo atua como um esperançoso espelho para pessoas que tiveram infâncias tristes.

Wehle exalta a liberdade oferecida pelo desenvolvimento independente. "Acredito que rótulos podem ajudar os gamers a saberem o que estão comprando, mas uma das minhas coisas preferidas no movimento indie é a liberdade sem fronteiras […] Ver esses rótulos e decidir como os desenvolvedores podem mudá-los é a razão pela qual ser um jogador é tão estimulante nos dias de hoje", enfatizou.

O game de exploração está disponível na loja virtual Steam e também no site de vendas que representa o artista ao preço acessível de US$ 3.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie