Desenvolvedores indies criam projeto Ocupa Game Jam, em apoio à resistência de estudantes de SP

Produtores, acadêmicos e coletivo de games estão entre os idealizadoras da iniciativa.

  • por em 8 de dezembro de 2015
Imagem: Montagem com foto de Marcos Santos/USP e logo para o projeto criado por José Osmar

A resistência dos estudantes paulistas contra a proposta de fechamento de escolas pelo governo do Estado de São Paulo tem gerado mobilização também no cenários artístico, com a recente realização de uma 'Virada Cultural' nas escolas ocupadas e, agora, com a criação de uma maratona de desenvolvimento de games no próximo final de semana, a Ocupa Game Jam.

A proposta foi idealizada pelos integrantes do Coletivo Jogo Limpo e Ariel Velloso, assessor de Jogos Eletrônicos da empresa SPCine. O professor Enric Llagostera, da PUC de Campinas, que participou da primeira rodada de propostas para a criação do projeto, não pode continuar na organização, mas mantém o apoio à causa e segue na expectativa dos trabalhos que resultarão da iniciativa.

Com o tema Ocupações nas Escolas, a jam tem as inscrições abertas a partir dessa terça, dia 08 de dezembro, para uma jornada de produção de jogos de 48 horas ininterruptas, com equipes criadas online entre os interessados. Segundo a organização, não haverá um ponto físico para sediar e centralizar o projeto, algo que costuma ser comum em eventos do gênero. A decisão se deve em virtude da oportunidade que a rede oferece para maior adesão à ideia. A opção também dificulta ações contrárias à realização da atividade e possveis retaliações por órgãos e agentes do Estado, que tem mantido uma postura claramente ostensiva contra a presença dos estudantes que permanecem protestando nas escolas.

Artistas, programadores, produtores, desenvolvedores de game, sound designers e quaisquer outros interessados estão convidados a participar, apoiar e divulgar a jam. Informações atualizadas sobre as definições finais do projeto, ainda em elaboração, podem ser conferidas diretamente  no site do Coletivo Jogo Limpo.

Acompanhe o Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie