Dicas de Marketing para o seu Indie Game – Por Bruna Novo

Comunicação é a chave para  fazer seu bom trabalho conhecido e jogado.

  • por em 18 de julho de 2018
Imagem: Arte a partir de original de Paul Gilligan

Bruna Novo é daquelas profissionais com vasta experiência no mercado de games, envolvendo a área de marketing e mídias sociais. Gerente de marketing do Smashcast, uma plataforma de livestream voltada a e-Sports e jogos digitais, Bruna tem mantido uma produção regular de artigos sobre formas de dinamizar a divulgação de jogos, especialmente direcionados para os estúdios independentes.

Nesse artigo, originalmente produzido em 2016, a publicitária elenca informações ainda hoje preciosas para chamar a atenção de público e mídia para jogos recém criados ou em fase de finalização. A profissional permitiu gentilmente ao Drops de Jogos reproduzir seus trabalhos, para alegria geral da nação. Aproveitem as sábias lições aqui apresentadas. 

Erros comuns de divulgação
Muitos estúdios nacionais iniciantes cometem repetidamente erros muito semelhantes e que muitas vezes acabam prejudicando seriamente a divulgação e o sucesso do produto final. Os estúdios nacionais de desenvolvimento possuem no geral uma capacidade incrível de produzir jogos de qualidade, com temáticas e estéticas inovadoras, mas que pouco se destacam dentro do mercado de games. 
O pecado está na comunicação fraca ou inexistente. O marketing é de vital importância para o sucesso de um jogo e não pode ser desconsiderado na hora da criação do game.
Seguem algumas dicas para quem não sabe o que fazer ou por onde começar. 

Tenha um site
Já me deparei (e não foram poucas as vezes) com jogos prontos ou em fase avançada de desenvolvimento que não possuíam nenhum site consolidando informações. Em um site organizado e apresentável, reúna as principais informações do estúdio e do jogo em desenvolvimento. Informações básicas de contato também são cruciais, no mínimo é preciso disponibilizar um telefone e um email e a informação de contato tem que ser de fácil acesso, clara e objetiva. Muitos estúdios tem projetos em plataformas de financiamento coletivo e acreditam que ter uma sessão lá, ser suficiente, mas o site irá reunir todas as informações mais importantes em um só lugar e será um verdadeiro cartão de visitas para quem quiser conhecer o seu trabalho.

Tenha Facebook, Twitter, Instagram, Youtube etc – e mantenha os canais atualizados
Ter perfis em redes sociais é de extrema importância para o seu estúdio e o seu jogo indie. Não é necessário criar um perfil para cada jogo ou projeto, caso você não tenha uma equipe de social media, mas é importante pelo menos, que o estúdio tenha seus perfis nas redes e que sejam bem administrados e atualizados com frequência. 
Não sabe o que postar? Fuja do óbvio e da exclusividade dos diários de desenvolvimento. Falar do desenvolvimento do jogo é bacana sim, mas não precisa ficar só nisso, vale mostrar os bastidores do desenvolvimento, a galera do estúdio no dia a dia, artes, eventos, curiosidades. Tem muitos posts em um único dia? Nada de fazer flood, programe postagens e distribua o conteúdo mantendo os canais atualizados sem saturar sua audiência.

Ter um Media Kit é bom e todo mundo gosta
Como eu apresento meu jogo para um blog, como o Marketing e Games, por exemplo? Entre em contato (sempre ou preferencialmente por email) com blogs, canais do Youtube, influenciadores e plataformas que possam te ajudar, mas tenha em mãos um media kit com as informações a serem apresentadas. Dá trabalho? Dá! Mas vale à pena. O media kit vai te ajudar (e muito) na hora de apresentar e distribuir seu trabalho pela internet, tenha descrições curtas e detalhas do jogo, imagens e toda informação que você gostaria que fosse compartilhada pela imprensa. Você pode também deixá-lo disponível no seu site para download, permitindo que qualquer pessoa que venha a conhecer o seu trabalho tenha acesso as informações necessárias para te ajudar a divulgar seu game. Uma vez que você puder começar a trabalhar com assessoria de imprensa, o media kit será simplesmente indispensável, lembre-se também de que o material deve ser compartilhável, leve e completo.

Se mantenha no hype
Trabalhar em uma comunidade e criar uma expectativa com relação ao jogo é uma estratégia muito bacana de crescimento. Uma maneira interessante de gerar, aumentar e manter o interesse da audiência é fazer livestreams apresentando pequenas partes do jogo ou com um bate papo sobre desenvolvimento (o Smashcast pode ser a plataforma ideal para isso). Os bate papos ao vivo permitem responder perguntas, trocar ideias e sentir o feedback da comunidade com relação ao que está pronto, podendo também atrair a atenção da imprensa e de outros streamers. Vale também, uma vez que tiver o jogo pronto, compartilhar chaves de acesso ao game com streamers; procure por produtores de conteúdo cujo interesse seja em jogos parecidos, ou da mesma temática que o seu. Vale ter [contato com] vários youtuber e streamers [mesmo que pequenos] que jogam, curtem e produzem bons reviews do seu jogo.

Siga exemplos
Para que um estúdio indie tenha sucesso, o desenvolvimento  de um jogo de qualidade é crucial, mas é preciso também cuidar com carinho da imagem do estúdio e trabalhar fortemente o marketing. Dedique tempo às redes sociais, visite sites e redes de outros estúdios nacionais e internacionais e reserve uma verba de investimento para publicidade assim que puder. 

De nada adianta ter um game maravilhoso se ninguém vai conhecê-lo e só existe uma maneira de mostrar sua capacidade e seu trabalho para todo mundo: comunicação. Não se esqueça disso!

Os interessados podem conferir o artigo original no site Marketing & Games.

Bruna Novo é Community Ambassador no site social de games e eSports Smashcast e colaboradora do Drops de Jogos.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie