Diretor de Comunidade da Versus Evil, publicadora de Toren, comemora o lançamento do game para PS4

Prestes a ser lançado para o PS4, e aclamado globalmente, Toren é motivo de orgulho para os brasileiros, jogadores ou não.

  • por em 9 de maio de 2015

Como é de conhecimento da maioria dos jogadores brasileiros interessados em boas produções nacionais, Toren, game do estúdio gaúcho Swordtales, chega ao badalado console PS4 no próximo dia 12 de maio, após uma longa jornada de produção.

No blog do PlayStation, o texto sobre o lançamento do game, assinado pela publicadora Versus Evil, destaca porque todo brasileiro, jogador ou não, deveria se orgulhar desse marco histórico da cultura digital para o país.

"Estamos muito orgulhosos em trabalhar com a PlayStation e ajudando a ampliar a cultura do videogame brasileiro", escreveu Lance James, diretor de comunidade da Versus da Evil, empresa parceira do estúdio independente e responsável pela publicação do jogo mundialmente. "A aproximação e a habilidade demonstrada para trabalhar conosco pelos profissionais 'amigáveis' aos independentes (a expressão no original é 'indie friendly') realmente fez esse esforço vale a pena, e não podemos expressar agradecimentos suficientes a eles", afirmou o escritor com veemência.

O game tem recebido inúmeras críticas positivas por toda parte e se destaca especialmente por abrir os olhos do mundo para a rica produção nacional de jogos, que começam a ganhar a atenção dos grandes fabricantes de consoles. O game levou mais de quatro anos para ser finalizado, mas a longa trajetória foi de grande aprendizado para todos, como atesta o evangelista: "Ao longo de nossa jornada para estrear no PS4, aprendemos uma tonelada sobre desenvolvimento de jogos e nós gostaríamos de discutir a importância do crescimento e inspiração tanto para o conteúdo do jogo, como para o seu desenvolvimento", comentou no texto.

Para os gamers brasileiros acostumados à qualidade dos jogos internacionais e não raro resistentes aos produtos brasileiros esta é uma grande oportunidade de se permitir um contato mais próximo com uma produção requintada e já aclamada, que vale o investimento não apenas pela narrativa e jogabilidade, mas especialmente como forma de apoiar a indústria local, consolidando a produção e não apenas nosso caráter consumidor de jogos digitais. "Encorajamos todos vocês a não apenas darem uma olhada no jogo, mas por favor, também conversarem conosco! Nós realmente adoramos ter seu feedback (e ele faz de nós desenvolvedores melhores)", finaliza o blog.

O texto pode ser lido na íntegra na página online
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie