Etapa paulistana da Game Jam + apresenta games focados em questões sociais

Os games escolhidos representarão São Paulo na final no Rio de Janeiro, em novembro.

  • por em 30 de julho de 2018
Imagem: Frame de vídeo

O Drops de Jogos acompanhou o encerramento da etapa paulistana do Game Jam +, jornada de 48 horas para a produção de jogos digitais. Foram cerca de 600 desenvolvedores, compondo 14 grupos inscritos com onze produções finalizadas, a maioria das quais produzindo e finalizando builds jogáveis, já disponíveis no Itchi.io.

"A gente decidiu criar uma experiência de troca de conhecimento, acima de tudo", declarou Pedro Zambom, organizador do evento na PUC-SP, na abertura do pitching dos projetos. "Mais de 10 mentores que foram em cada uma das mesas [de criação] ajudando a resolver problemas e aprimorar o game design […], que voluntariamente vieram e ficaram aqui para ajudar cada um de vocês", exaltou o organizador. 

A banca de jurados foi composta por cinco profissionais ligados ao mercado, entre eles Paulo dos Santos, desenvolvedor do estúdio Flux, Guilherme Sadao, desenvolvedor de jogos, analista e desenvolvedor de negócios na Gameplan, Leandro Rizzardi, roteirista de jogos e coordenador de projetos do estúdio Maurício de Souza Produções, Priscila Ganiko, repórter do NerdBunker, voltado e jogos e e-Sports no site Jovem Nerd, e este editor que vos excreve.

Além do jogo escolhido pelos jurados, o voto popular também decidirá por mais um dos projetos e ambos terão o custo de de viagem para a etapa fnal no Rio de Janeiro custeada pela produção.

Um aspecto importante dessa maratona de desenvolvime nto é a parceria com a Unicef, que trouxe para os devs participantes a oportunidade pensconsiderarem em seus projetos formas de tentar atrir um maior número de doadores para a instituição.
Uma estimativa da ONG informa que apenas umaa cada cem pessoas aboredadas pelo Unicef finaliza o processo de doação.

Nem todos os pojetos contemplaram estas questões, mas alguns trabalhos refletiram a preocupação com os aspectos sociais protagonizados pela instituição em todo o mundo. Confira abaixo, em linhas gerais, as criações avaliadas pelo corpo de jurados, No final do artigo, apresentamos o vencedor da jam paulistana.

CupZombies
Cup Cakes fofinhos são vítimas dos Cup Zombies, que deverão ser caçados por Cup Cakes "Ninjas", com suas cupnukens!
O jogador precisa preparar as shurikens com os ingredientes que caem na área do game.

Meowmancer
Gato com magias, que precisa vencer seus inimigos. Gatos magos foram sequestrados pelos ratos do mal e precisam ser resgatados.
Mecânica similar os jogos de nave, em scroll lateral.

Glob
Imunoglobulino, o Glob, é o herói que visa auxiliar a erradicar as doenças, por meio da conscientização sobre a importância da vacinação.
Runner dividido em fases, para dispositivos móveis, no qual Glob deve fugir os espinhos e destruir as bactérias nocivas.

In Vain

Projeto solo, apresentado ainda como um estudo preliminar, o jogo é inspirado no design de Dar Souls.
Duelo em primeira pessoa, no qual as informações sobre os danos aparece visualmente na tela, sem dados exibidos em HUD. 

Blood Myst
Puzzle estratégico para mobiles, baseado no folclore das luas de sangue, voltado para público interessado em jogos de tática.
Game apresentado pela equipe do Samurai Lhama. O jogo apresentou imagens bem elaboradas e um gameplay interessante.

One Dollar
Jogo de plataforma em que o personagem migra para um ambiente inóspito no qual precisa auxiliar, resolvendo problemas e conseguindo doar uma moeda. O gameplay apresenta conceito nacional, abordando as más condições sanitárias do país.

Vovô Tião
Desenvolvido pelo time indie da Play Care, o jogo parte dos pressupostos da Unicef e apresenta mini games voltados a ajudar as crianças, deixando-as felizes. O vovô será o responsável por ajudar aos jovens.

Ultra Dodge
O grupo Capivara Bidimensional apresentou um conceito diferenciado, onde seres de outra dimensão disputam entre si atirando rajadas um no outro. Cada personagem tem características próprias, como o Punk ou a Feiticeira, que lhes fornecem possibilidades diferentes de ataque e defesa. Por meio da aquisição de runas, o personagem ganha mais velocidade, ataques, etc.
O gameplay pode lembrar o saudoso Pong, mas com apresentação visual em top-down ou primeira pessoa.

Unicef Simulator
Game em que é necessário controlar os recursos e arrecadar doações para a instituição.
O pesonagem faz o papel do voluntário que aborda os potenciais doadores.

Dreamares
Criado pelo grupo GameHaus,o jogo propõe a ação de dois jogadores em um mesmo dispositivo móvel, sem o uso da rede, em formato cooperativo de multiplayer local.
É necessário acabar com os pesadelos lançados pelo Boogieman por meio da ajuda de Sandman.

O Caçador de Pitanguinhas
Jogo de aventura em formato plataforma, no qual um simpático herói se utiliza dos recursos disponíveis no cenário para vencer os inimigos.

Após intensa deliberação, os jurados avaliaram que o jogo Glob mereceu Mensão Honrosa como o produto mais bem apresentado em termos de execução, One Dollar recebeu a mesma honraria na qualidade de jogo que melhor se apresentou como produto acabado, e Dreamares foi reconhecido pela inovação e liberdade criativa no desenvolvimento da ideia.

O game Ultra Dodge destacou-se, levando o prêmio de melhor jogo da Jam, por sua mecânica inusitada e o potencial de aperfeiçoamento para o mercado. Junto ao game a ser escolhido pelo voto popular, Ultra dodge vai repesentar o desenvolvimento paulistano em novembro, no Rio de Janeiro. Para conhecer os games produzidos, basta acessar o site Itch.io.

O Drops de Jogos parabeniza a todos os criadores e produtores de jogos que participaram da maratona.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie