Game do Tcheco deve ser lançado no formato tradicional de cartucho para o Nintendinho

O criador conta com o auxílio de grandes parceiros para a realização.

  • por em 7 de dezembro de 2016
O irreverente personagem de animação e dos games brazucas, Tcheco, pode chegar aos consoles da Nintendo em breve.
 
Marcelo Barbosa, criador da icônica figura do anti-herói, afirmou que pretende relançar o game em formato de catuchos para os fãs tirarem o pó do velho Nintendinho. A confirmação da intenção veio através de um bate papo do artista com o Drops de Jogos.
 
Barbosa, que é cartunista e também educador em Porto Alegre, comnetou acerca de suas pretensões para essa que é uma das criações mais underground da cena independente nacional. "A vontade de converter o Tcheco pro videogame existe desde o desenvolvimento do original. Mas eu não sou programador, então é algo que nunca foi cogitado seriamente", explicou.
 
"Recentemente trabalhei com o programador polonês Lukasz Kur, responsável por arrumar o 'Wonderland Dizzy' do NES para a CodeMasters, e ele ficou com muita vontade de reescrever o jogo pro Nintendo", continuou, enfatizando s dificuldades para realizar o trabalho. "Ele sabe que não tenho como pagá-lo, então provavelmente faremos uma versão de demonstração e depois um financiamento coletivo pra bancar o jogo inteiro", confidenciou.
 
Para a trilha sonora, o pai de Tcheco afirmou ter contado também com a ajuda do compositor Ozzed e do desenvolvedor e amigo Danilo Dias. "O Ozzed foi muito camarada: graças à ajuda dele, as músicas no NES estão iguais às do PC. O Danilo Dias já tinha liberado o uso do Zaku (do "Oniken") no jogo de computador – e agora liberou também pra nova versão", informou. 
 
Manoel Barbosa não esconde o entusiasmo, comentando que está cuidando pessoalmente da conversão dos cenários e sprites e também atento ao funcionamento das vozes. "Ao que tudo indica, todos os sons digitalizados do PC também estarão presentes no NES". 
 
O objetivo, destacou, é passar a máxima fidelidade possível. "A graça aqui é justamente deixar tudo bem parecido com o que já existe", finalizou.
 
Não há prazo definido para entregar a produção. Enquanto isso, fãs do anti-herói podem se contentar com o game original para PCs.
A versão "Tcheco no Castelo do Sarney EX PLUS ALPHA ZERO X GOLD" continua disponível na loja virtual Steam, pelo preço quase de graça de R$ 0,99.
 
Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube
 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie