Gamejams ensinam a filtrar ideias, diz criador do SPJam, que começa hoje na PUC

A PUC-SP recebe mais uma vez o SPJam, hackathon de desenvolvimento de jogos digitais e analógicos, realizado por meio de uma maratona de 48h ininterruptas onde os grupos de participantes devem criar protótipos funcionais de jogos digitais ou analógicos.

  • por em 27 de outubro de 2017
Foto: Divulgação

O evento, que se inicia hoje, às 18h, e segue até o domingo, é capitaeado pelo desenvolvedor Alexandre Ribeiro de Sá, cofundador do Vortex Studio. Em bate papo ligeiro com o Drops de Jogos, o empreendedor comentou a importância da realização de maratonas de desenvolvimento de games. 

"A interação entre os desenvolvedores está entre as coisas mais importantes que conseguimos em eventos como a SPJam", observou. "Poder experimentar programas, técnicas ou ideias novas e diferentes, o desafio de gerenciar o tempo e equipe em projetos… são todos ótimas vivências!".

Um dos objetivos fundamentais do evento, ressaltou, é reunir um grande número de “gamedevs” num mesmo espaço, privilegiando o trabalho presencial conjunto, de modo a servir como ponto de encontro e “celeiro” para muitos interessados em iniciar no universo dos jogos, mas que nem sempre encontram oportunidades para se aproximar desse mercado.

Alexandre destacou que, quando "estamos desenvolvendo em casa ou no trabalho queremos sempre fazer o melhor", utilizando todos os recursos disponíveis para jogo. As gamejams acabam por exercer um papel singular nas decisões de criação. "As jams nos ensinam a filtrar as ideias, saber se ela é realmente necessária para o seu jogo e, o principal, cortar uma ideia de um projeto, que é algo muito difícil de ser feito", explicou.

As equipes para participar da maratona de criação de jogos já estão formadas, mas quem quiser acompanhar o trabalho dos grupos de manhã e à tarde, ao longo do fim de semana, pode comparecer gratuitamente ao campus Marquês de Paranaguá, da PUC-SP, na rua Marquês de Paranaguá, 111, no bairro da Consolação, em São Paulo.

Informações adicionais estão disponíveis no site do projeto.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie