Indies fazem vídeos online que ensinam a criar personagens para games

Desenvolvedores buscam conquistar visibilidade e reconhecimento com a produção e ajudar iniciantes da comunidade indie.

  • por em 13 de agosto de 2015

Os desenvolvedores independentes de games do 2Dverse Studio criaram um canal de vídeos no serviço YouTube e estão disponibilizando aulas regulares de criação de personagens para games. A iniciativa surgiu a partir da percepção do time de profissionais quanto às necessidades das novas gerações de criadores de jogos. "O mercado indie brasileiro tem crescido exponencialmente nesses últimos anos, e esse pessoal está cada vez mais novo, adolescentes de 15, até 12 anos já começam a encarar esse mundo de desenvolvimento. Eles precisam de um auxílio, de quem já passou pelas mesmas dificuldades que eles, pra seguirem um modelo, ter uma base pra seguir e se inspirar", afirmou Wagner Janelli Tamborin, designer e ilustrador 2D na 2Dverse Studio.

Com 10 vídeos já publicados especificamente sobre a criação de personagens, o canal explica os conceitos básicos, animação de personagens, criação de cenários, inimigos e o uso de Spriter, software de animação 2D. Outros vídeos ensinam princípios de programação, pixel art etc. O designer detalhou porque considera importante a criação de um personagem bem elaborado no game: "O público alvo sempre lembrará de um jogo pelo o que viu, ou seja, se o personagem for bacana e singular, será mais fácil de ser lembrado. Para reforçar essa ideia, não preciso me estender a muitos exemplos, apenas dois, Mario e Sonic, que foram tão marcantes ao ponto de se tornarem representantes de suas respectivas marcas", comentou.

Wagner enfatizou que não é fácil achar o personagem ideal para um projeto de games. São necessários testes, concepts, e feedbacks até que se chegue a um resultado satisfatório. "O personagem deve ser flexível. Claro que seu desenvolvimento depende totalmente da estória do jogo e do estilo, também. Ele deve ser envolvente; o jogador precisa se conectar ao personagem", esclareceu na conversa com o Drops de Jogos.

Com ações como esta, Wagner e sua equipe querem fazer a sua parte, incentivando os novos desenvolvedores indies a produzir trabalhos cada vez melhores. "Temos um potencial infinito, mas que na maioria dos casos está escondido, seja por falta de incentivo, ou por medo de não conseguir se destacar. Somos um Charmander enquanto nossos vizinhos aí fora já são um Charizard."

Para assistir aos vídeos, acesse o canal da 2DVerse Studio.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie