Novo site de financiamento coletivo trabalhará exclusivamente com projetos de games

Ainda em produção, site tem previsão de início de atendimento a partir de 2016.

  • por em 30 de novembro de 2015

Os serviços online de financiamento coletivo se transformaram em uma febre nos últimos anos, com a consolidação de um modelo de negócios por meio do qual qualquer interessado pode investir em um projeto em que acredite ou deseje. Sites como Kickstart e Kickante têm sido referências para este tipo de auxílio coletivo, mas um empresário carioca deseja direcionar esfdorços no desenvolvimento de games, por meio do projeto 'É Jogo!'.

"Trata-se de um site de financiamento coletivo voltado exclusivamente para jogos", escreveu em um post de divulgação do serviço na rede social Facebook. "O site já está em desenvolvimento, com previsão de pleno funcionamento em fevereiro de 2016", continuou.

Considerando o volume de negócios gerado pelos projetos de games nos já conhecidos serviços do gênero e o crescimento de produções de jogos no Brasil nos últimos anos, é possível acreditar que a plataforma tem chances de crescer e se transformar em um negócio com muitas produções nacionais.

A produção do site criou também uma página como fórum de discussão sobre os procedimentos a serem adotados na plataforma de financiamento, como formas de facilitar a vida dos investidores e dos projetos apresentados. Paulo Brito, mentor da proposta, tem lançado questões como "O quão importante é para vocês, o usuário poder parcelar suas compras em até 6x?", em busca de opiniões que auxiliem no desenvolvimento da ideia.

Não há detalhes sobre o andamento da proposta e a data definitiva para o lançamento, mas o site está em busca de parcerias e opiniões, através do email de contato disponibilizado pela produção.

O site, que por ora conta apenas com um página inicial e informações genéricas sobre o lançamento do serviço, pode ser acessado para acompanhar as eventuais novidades.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie