SPJam 2016 tem equipe desenvolvendo em realidade virtual e quer recuperar boardgames

A maratona de desenvolvimento SPJam aconteceu entre os dias 16, 17 e 18 de setembro de 2016 na PUCSP, Unidade Marquês de Paranaguá, sede do curso de Jogos Digitais da entidade. O Drops de Jogos acompanhou de perto a jam e fez uma reportagem muito completa sobre a participação feminina do evento.

Foto: Divulgação

O editor-chefe Pedro Zambarda fez entrevistas com Marcos Gonçalves, novo organizador da SPJam e integrante do IGDA, e com Alexandre Ribeiro de Sá, organizador antigo do evento e integrante do estúdio Vortex.

Marcos elogiou o fato do evento ter realidade virtual entre os games desenvolvidos. Um presença ilustre foi do Izotonic Studios de São Paulo, além da participação de pessoas novas e de fora de São Paulo. Alexandre lembrou que o evento não iria ocorrer neste ano, mas a organização gostou dos resultados do evento e resolveu fazer em três meses.

O encontro reuniu 145 pessoas.

Confira nossa reportagem em vídeo.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie