Tlön Studios libera versão final de Face It em acesso antecipado na Steam

Jogo propõe viagem interior para vencer os próprios demônios por meio das mecânicas clássicas de games de plataforma e suvivors.

  • por em 10 de julho de 2015

O Tlön Studios, estúdio indie de Bauru, interior de São Paulo, lançou hoje a versão final de Face It, jogo que propõe a imersão psicológica em uma atmosfera sombria pela busca de autoconhecimento e superação pessoal. O game, realizdo inicialmente a partir de um projeto de Game Jam, resgata as mecânicas clássicas dos jogos de plataforma e propõe, por meio de uma jornada obscura, que o jogador vença seus demônios interiores.

Caio Ribeiro Chagas, o diretor criativo e game designer do projeto informou que, em relação às versões previamente lançadas do jogo, “a diferença mais visível está nos gráficos; as mecânicas são essencialmente as mesmas”. "O essencial já estava lá [no protótipo feito para a Jam], embora não soubéssemos o porquê daquilo existir. Fomos descobrindo do que o jogo realmente se tratava, e as mudanças refletem essa descoberta”, explicou.

A condução segue o princípio das mecânicas dos games clássicos de plataforma aliado às dinâmicas típicas de jogos de sobrevivência. Seu diferencial reside, como informa o estúdio, no caráter emocional da proposta. "Tudo isso acaba por impelir o jogador a atravessar estados mentais que, no mundo físico, a maioria do seres humanos se recusa a assimilar”, comentou Caio em troca de mensagens pela rede.

Para rodar, o jogo exige sistema operacional Windows 7 ou superior, processor de 1.6Ghz, memória mínima de 1 GB RAM e placa de vídeo de 128 MB, mas configurações superiores são recomendáveis.

Ao preço mais do que camarada de R$ 3,43, o jogo deve agradar ao público que busca estruturas narrativas mais densas e experiências de jogo que ofereçam certo nível de inquietude, algo já visto em produções anteriores do estúdio a exemplo de Soul Gambler, que recria o mito de Fausto.

Informações adicionais sobre o jogo estão disponíveis na loja online Steam, da Valve.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indie