20 curiosidades no aniversário de 20 anos de Resident Evil

No dia 22 de março de 2016 a franquia Resident Evil completou exatamente 20 anos. O jogo de terror com mortos-vivos que marcou a geração dos anos 90 no PlayStation possui grandes curiosidades antes de se tornar um game de ação no quarto episódio, entre outras inovações.

Foto: Divulgação

Confira no Drops de Jogos 20 curiosidades no aniversário de duas décadas de RE.

  1. Muitos acham que Resident Evil criou o gênero de terror em 3D, mas Alone In The Dark já popularizava o gênero em 1992 para MS-DOS;
     
  2. O nome em japonês de RE é Biohazard, um termo em inglês equivalente a "contaminação biológica;
     
  3. A japonesa Capcom mudou para Resident Evil porque já existia um jogo chamado Bio-Hazard Battle, lançado pela Sega no Mega Drive em 1992;
     
  4. Resident Evil foi um nome escolhido por funcionários da Capcom em uma votação interna da empresa;
     
  5. Diferente de versões posteriores, o primeiro game trazia atores reais em sequências live action na abertura;
     
  6. Barry Burton era o único personagem na abertura a ter um revólver Magnum, uma das armas mais poderosas do game. Ele a utiliza para matar o primeiro zumbi da mansão com um tiro na cabeça;
     
  7. O jogo te permite controlar dois personagens: Chris Redfield e Jill Valetine. E o game é diferente em cada um deles. A narrativa com Jill é mais fácil, uma vez que ela começa com armas melhores. Se você optar por Chris, prepare-se para começar apenas com uma faca o jogo;
     
  8. A versão Director's Cut chegou em setembro de 1997 com cenas de mortes mais sangrentas, reposicionamento dos monstros no cenário e mais dificuldade em relação ao game original;
     
  9. Keiji Inafune​, de Mega Man, lançou a versão de RE que funciona para controles Dual Shock em 98. O game passou a dar reações de vibração nos joystick a partir desta edição;
     
  10. Apesar de ser famoso como um título de PlayStation, gamers das plataformas Sega Saturn e PC-Windows também jogaram outras versões de Resident Evil;
     
  11. Um dos grandes destaques do game não era apenas matar os monstros, mas resolver puzzles. Embora essa face da franquia tenha se perdido, ela existe até hoje;
     
  12. O jogo tem pelo menos três finais, optando por salvar ou não personagens ou destruir o local do games;
     
  13. Diversos remakes foram lançados. O primeiro foi para GameCube, da Nintendo, em 2002, e um port para Wii em 2008. Uma remasterização chegou para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC em 2015;
     
  14. S. D. Perry escreveu um romance baseado no game chamado Resident Evil: The Umbrella Conspiracy em 1998;
     
  15. Uma das inspirações de Shinji Mikami, o criador de Resident Evil, foi o game de terror Sweet Home da Capcom, lançado em 15 de setembro de 1989 para NES. Pensou-se inicialmente num remake;
     
  16. Outra inspiração foi o filme O Iluminado, de Stanley Kubrick, lançado em 1980 com Jack Nicholson;
     
  17. O primeiro RE foi pensado também como um jogo de tiro em primeira pessoa;
     
  18. O vírus que transforma as pessoas em zumbis no primeiro game é o T-Virus. A praga biológica evoluirá para o G-Virus no episódio seguinte;
     
  19. Albert Wesker, embora pareça um policial da STARS no começo do game, revela uma ligação com a Umbrella Corporation;
     
  20. Muitos jogos foram inspirados em Resident Evil, incluindo Parasite Eve, Dino Crisis, The House of The Dead, entre muitos outros.

Gostou do nosso especial? Confira então um vídeo de Monique Alves, dona do site Resident Evil Database, a fanpage com mais fãs no Facebook do Brasil que apreciam RE.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria