Do Brasil para o mundo, Card na Manga propõe troca de conteúdos entre jogadores de Heartstone

"A gente faz conteúdo para basicamente todos os perfis de jogadores", explicou Théo Azevedo.

  • por em 13 de julho de 2018

Heartstone, game de cartas F2P da Blizzard, que conta hoje com mais de 70 milhões de jogadores ao redor do mundo e presença marcante no cenário competitivo, acaba de ganhar uma "casa" para a criação, disseminação e troca de conteúdo entre seus fãs e jogadores, com o lançamento da plataforma Card na manga. 

Trata-se de uma plataforma online de criação e monitoramento de conteúdo sobre Heartsotne, com espaço para a produção ligada ao game e realizada pela própria comunidade. "É o primeiro projeto feito para a comunidade jogadores, globalmente, feito só no Brasil", comentou Marcos Pereira, representante da Blizzard no Brasil, que conduziu a abertura do evento.

A criação é resultado de uma parceria entre a desenvolvedora do game e a Greenlit Content, responsável pela plataforma, já acessível para a criação e compartilhamento de conteúdos. O sistema, explicou Marcos, é completamente autônomo, sem qualquer vínculo com os produtos oficiais de Heartstone.

Mais do que um serviço de aplicativos e soluções digitais, ressaltou, na apresentação, a Greenlit é um trabalho realizado por profissionais da área de jornalismo de games, voltados agora à produção de conteúdos envolvendo a participação do público igualmente apaixonado por jogos.

Para dinamizar a produção de conteúdos e estreitar a relação com esta efervescente comunidade, o projeto conta com a parceria da empresa Theogames, que fará a administração do portal, mantendo a interação com os jogadores e disseminando informações atualizadas para a imprensa e mídias sociais.

Criada nos idos dos anos 1990 pelo jornalista Théo Azevedo, profissional conhecido por um consistente trabalho editorial no site Uol Jogos em mais de uma década, a Theogames retornou este ano desenvolvendo projetos de assessoria de comunicação e, agora, também produzindo novidades para os apaixonados por Heartstone.

"Hoje, fora do jornalismo, posso contar mais a vontade que eu, acho que como todos aqui, sou um fã da Blizzard", comentou Théo, ao apresentar  nova plataforma, comentando que sua relação com os jogos da empresa remontam a 1995, quando descobriu uma demo de Warcraft. 

"O Card na Manga é uma central de conteúdo de Heartstone, para falar não só sobre o que acontece dentro do jogo, o "feijão-com-arroz" sobre sugestões de decks, dicas, coberturas de e-Sports, atualizações e tudo mais, mas vamos falar tambem sobre tudo o que acontece ao redor de Heartstone", comentou o jornalista.

"A gente faz conteúdo para basicamente todos os perfis de jogadores, seja a pessoa que começou a jogar hoje, até o mais avançado… a gente quer ser esse lugar que acolha tudo isso", destacou.

O projeto já está online e pode ser acessado diretamente no site Card na Manga.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria