Dois heróis de Apex Legends, da Respawn, são declaradamente LGBTQ+

Ponto para Apex Legends.

  • por em 9 de fevereiro de 2019

As desenvolvedoras de jogos digitais têm surpreendido com grande frequência os jogadores do mundo com projetos recentes voltados à inclusão do tema Diversidade nos games.

Além dos personagens Tracer, Symmetra e Soldier 76, do shooter Overwatch, da Blizzard, a Respawn, produtora responsável pelo desenvolvimento do battle royale free-to-play Apex Legends, confirmou recentemente que, dos oito personagens jogáveis, dois se enquadram no perfil LGBTQ+.

São, respectivamente, Gibraltar, um Shielded Fortress que perdeu o braço em um acidente de moto com seu namorado, e BloodHound, um Technological Tracker assassino, que não se identifica com nenhum gênero, isto é, um não binário.

Longe de querer faturar com o buzz gerado nas comunidades mais inflexíveis de jogadores que infestam a rede, a empresa dá passos decisivos, mostrando a importância da representatividade em todas as esferas da cultura contemporânea, o que inclui, naturalmente, os jogos digitais.

É um reforço no sentido de tentar reduzir a toxidade de certos ambientes digitais e grupos de jogadores resistentes ao saudável convívio na rede.

Ponto para Apex Legends.

Com informações do Última Ficha.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria