Entenda os boatos bizarros sobre a suposta demissão de Hideo Kojima da Konami

O criador de Metal Gear, Zone of Enders e Policenauts vai sair da Konami? O japonês Hideo Kojima abandonará a empresa que o consagrou como desenvolvedor de games depois de quase 30 anos? Para entender essa boataria, precisamos voltar para dia 3 de março, no início da Game Developers Conference (GDC) 2015.

Foto: Montagem/Divulgação

Kojima concedeu uma entrevista à IGN Itália dando a data de lançamento de seu novo Metal Gear Solid V: The Phantom Pain para o dia 1º de setembro deste ano. O jogo é divulgado desde 2012 e seu anúncio estava envolto em mistério com o game introdutório Ground Zeroes. No mesmo depoimento, Hideo Kojima confessou que este seria seu último Metal Gear. "A saga pode continuar, mas este definitivamente será meu último", disse o desenvolvedor de games, viciado em filmes e roteiros, depois de prometer matar seu game mais bem-sucedido comercialmente há pelo menos 10 anos.

No dia 19 de março, no entanto, ocorreu a reunião e divulgação de executivos no próximo ano fiscal de sua empresa, a Konami. O nome de Kojima não apareceu na lista. No mesmo período, todas as referências à Kojima Productions, a divisão de desenvolvimento da saga Metal Gear, foram retiradas do material promocional de Phantom Pain, incluindo a caixa do jogo. A Konami negou a saída do criador à IGN, que é considerado um "Shigeru Miyamoto" em nível de habilidade, ou seja, é comparável ao criador de Mario. A desenvolvedora também anunciou que criaria novos episódios da saga Metal Gear, mas sem confirmar se Kojima estaria envolvido.

Uma fonte interna, em entrevistas à imprensa, disse que a saída de Hideo Kojima estaria confirmada para dezembro de 2015, quando seu contrato não seria renovado. O japonês participaria da divulgação de Phantom Pain e depois se retiraria da empresa. Pessoas na indústria começaram a especular para onde Kojima iria. Ele iria criar sua própria companhia? Iria se tornar empregado na Sony? As especulações começaram a surgir.

Do dia 30 até o dia 31 de março, o site Videogamer apurou que o nome de Hideo Kojima voltou ao pacote Metal Gear Solid: The Legacy Collection 1987-2012. A mudança na caixa do game pode ser um sinal de que Kojima ainda não foi desligado da Konami ou que a empresa estaria fazendo de tudo para mantê-lo no cargo.

Em seu Twitter oficial, Hideo Kojima não comentou o assunto e continua divulgando material promocional da Konami. O boato era só mentira? Provavelmente não, mas é cedo demais para dizer que o criador de Metal Gear deixou sua empresa. Muito provavelmente a Konami está lutando para manter um dos seus quadros mais importantes no desenvolvimento de jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria