Fazendo as contas: descubra quantos gigas você gasta com games na internet

As operadoras, com as bênçãos da Anatel – aquela que talvez devesse zelar pelos interesses do consumidor – puxaram o plug de conexão dos gamers no Brasil.

  • por em 20 de abril de 2016
Imagem tratada do game LOL Last Attack Global

O presidente da Anatel, a Agência Nacional de Telecomunicações, afirmou que concorda com a limitação de serviços de internet e a cobrança adicional pelas operadoras sobre os usuários que consomem acima de determinadas quantidades de dados. O representante da agência reguladora chegou a dizer que quem joga videogames "gasta um volume de banda muito grande".

Se (ou quando) a limitação de tráfego de dados vier, talvez seja melhor o internauta saber exatamente o quanto gasta com os games. Veja as informações abaixo e confira como está a sua média:

– Os jogos online estão entre os campeões de consumo de banda. StarCraft II, da Blizzard, é um game bem produzido e otimizado de forma a consumir poucos dados da rede. O game utiliza, em média, cerca de 1,5KB/s por minuto, o que equivale a um consumo de 1 GB se o internauta ficar 200 horas em jogo. Games como FIFA e Call of Duty, no entanto, têm um consumo muito mais expressivo, por volta de 20 MB por hora de jogo. Dependendo do game, o consumo pode ser ainda maior;

– Com a configuração dos novos consoles e as vendas online via DLC, tem sido cada vez mais comum baixar games inteiros pela rede e seus conteúdos extras. Com a cobrança adicional para as faixas de franquia de dados, baixar um jogo inteiro poderá ter um custo muito elevado: GTA V, por exemplo, tem aproximadamente 50 GB nas versões para PlayStation 4 e Xbox One. Games mais recentes como Fallout 4 e The Witcher 3: Wild Hunt estão na casa dos 30 GB cada um. Para cada jogo novo, a conta vai ficando mais pesada;

– Se o internauta também gosta de conferir o gameplay de seus jogos preferidos através dos vídeos de YouTubers, a conta vai ficar mais cara de novo. Para ter uma noção do tráfego de dados, considere que um vídeo com 240 pixels por linha, isto é, de baixa qualidade, consome aproximadamente 150 MB por hora. Em resolução SD, o mesmo arquivo sobe para cerca de 400 MB por hora. Vídeos em HD, por sua vez, variam o consumo médio entre 1,2 GB a 1,4 GB por cada hora assistida;

– Não menos importante, talvez o jogador queira compartilhar suas conquistas nas redes sociais ou acompanhar novidades sobre os games, em grupos de interesse. Para cada minuto no Facebook, o usuário gasta aproximadamente 2 MB, ou seja, 120 MB por hora navegada na rede.

Fazendo os cálculos, fica fácil entender que as operadoras, com as bênçãos da Anatel – aquela que talvez devesse zelar pelos interesses do consumidor – puxaram o plug de conexão dos gamers no Brasil. Para fazer seu vídeo de protesto contra esse abuso de poder, como fez o Cartum do Drops de Jogos (imagem ao lado), você também estará gastando sua mirrada franquia. E pagando sempre mais caro.

Acompanhe o Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

Fonte: Estadão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria