Mapa inspirado em Zumbi dos Palmares leva a resistência do quilombo para o Fortnite

Iniciativa importantíssima

Novo mapa do Fortnite, um dos jogos on-line mais populares do mundo, contará a história do Quilombo dos Palmares — Foto: Reprodução

Novo mapa do Fortnite, um dos jogos on-line mais populares do mundo, contará a história do Quilombo dos Palmares — Foto: Reprodução

Por Kaio Duarte / Zona de Propulsão no Mídia Ninja. Reproduzimos o texto na íntegra.

Pretahub e Salve Games apresentam uma experiência decolonial no jogo, onde os jogadores terão que defender o Quilombo dos Palmares de invasores, para conquistar a liberdade dos antepassados. O Brasil é um mercado estratégico para os games, com narrativas desenvolvidas no país.

O mapa, elaborado por uma equipe de historiadores e roteiristas negros, resgata a história de personagens fundamentais da cultura negra brasileira e reforça a urgência da educação antirracista em espaços de grande concentração juvenil. De maneira colaborativa, jogadores entram em batalha com invasores e colonizadores escravocratas para a defesa do território.

“Vejo o potencial na construção de novas narrativas, transpor para um formato que é tecnológico e ao mesmo tempo lúdico e que conversa com as novas gerações, que estão tão conectadas com a tecnologia”, afirmou Adriana Barbosa, diretora-executiva da Pretahub, em entrevista à Forbes Brasil. “É mágico ter a oportunidade de contar uma história com tanta profundidade num game em que as pessoas irão jogar, mas também desenvolver o pensamento crítico a partir de uma perspectiva histórica”, declarou.

Os jogadores poderão escolher entre personagens históricos como Zumbi e Dandara durante as partidas. Armas do século 17, como arco e flecha ou garruchas, podem ser usadas para combater os invasores. O cenário apresenta objetos típicos da época e uma árvore sagrada para a elaboração do mapa.

Dentre os desafios do desenvolvimento, Alexandre de Maio, diretor da Salve Games, comentou o processo de recriação do campo de batalha histórico em Fortnite, incluindo paisagens diversificadas, florestas exuberantes e aldeias antigas. “Realizamos uma pesquisa extensiva com a ajuda de historiadores, além de uma visita técnica e cultural à região da Serra da Barriga, em Alagoas, para coletar informações precisas e elementos visuais ainda presentes nos Quilombos, como a árvore sagrada que permanece no local há centenas de anos”, disse o profissional à Forbes.

Segundo a Pesquisa Game Brasil (PGB), o engajamento dos brasileiros com os games é de 82,1% que consideram que jogar jogos eletrônicos é uma das suas principais formas de diversão. Já sobre a etnia dos gamers brasileiros, como constatado nas edições anteriores, a maioria é negra (54,1%) quando somados aqueles que afirmam ser pretos (12,7%) ou pardos (41,4%), enquanto pessoas que se declaram brancas representam 42,2% dos jogadores no Brasil.

LEIA MAIS

1 – Primeiras impressões do FC 24, o FIFA sem nome FIFA. Por Pedro Zambarda

2 – Armored Core VI: Fires of Rubicon, uma resenha. Por Pedro e Paulo Zambarda de Araújo

Novo mapa do Fortnite, um dos jogos on-line mais populares do mundo, contará a história do Quilombo dos Palmares — Foto: Reprodução

Novo mapa do Fortnite, um dos jogos on-line mais populares do mundo, contará a história do Quilombo dos Palmares — Foto: Reprodução

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments