Demissão em massa: Microsoft corta 1900 funcionários no setor de games

Demissão em massa na Xbox após aquisição bilionária

Xbox. Foto: Wikimedia Commons

Xbox. Foto: Wikimedia Commons

Microsoft cortar cerca de 1.900 funcionários do setor de videogames. A informação foi divulgada, nesta quinta (25), pelo site The Verge. O site afirmar que um e-mail escrito por Phill Spencer, chefão da Xbox, aponta que os cortes representam cerca de 8% dos 22 mil trabalhadores da área de jogos da Microsoft. No comunicado, Spencer diz.

“Juntos, definimos prioridades, identificamos áreas de sobreposição e garantimos que estamos todos alinhados nas melhores oportunidades de crescimento”.

Além das demissões, as mudanças incluem o cancelamento de Odyssey, jogo de sobrevivência, e as saídas de Mike Ybarra, presidente da Blizzard, e Allen Adham, diretor de design e cofundador da empresa. As mudanças no setor de jogos da Microsoft chegam após a aquisição bilionária da Activision Blizzard pela Microsoft. Oficializada em outubro do ano passado, a compra foi avaliada em US$ 69 bilhões.

Essa foi a maior aquisição feita no mercado de jogos eletrônicos em toda a história.

Jason Schreier, da Bloomberg, deu uma informação curiosa sobre essa demissão em massa no X, antigo Twitter.

Essas demissões do Xbox são uma bagunça tão grande que a equipe da Activision Blizzard está enviando mensagens de texto para mim, tentando descobrir se elas podem ser afetadas. Quase 2.000 cortes de empregos e as pessoas agora só precisam esperar para ver se fazem parte do banho de sangue da empresa.

LEIA MAIS

1 – Opinião: DJ lembra que Batman Arkham é a base de Spider-Man 2 e fala do sucesso de jogos de super-herois

2 – Bem Feito é a Lavender Town creepypasta indie brasileira. Por Pedro Zambarda

Xbox. Foto: Wikimedia Commons

Xbox. Foto: Wikimedia Commons

LEIA MAIS NO DROPS DE JOGOS

Veja os vídeos da semana acima.

Conheça mais sobre o trabalho do Drops de Jogos acima.

Veja mais sobre a Geek Conteúdo, a produtora da Rádio Geek, parceira do Drops de Jogos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments