Quem é Tatsumi Kimishima, o novo presidente da Nintendo?

A Nintendo anunciou nesta segunda-feira (14) que o novo CEO da empresa é Tatsumi Kimishima. O anúncio acabou com as especulações que, após a morte do executivo Satoru Iwata, o presidente poderia ser Genyo Takeda, que entrou na Big N em 1971 e é chefe da divisão de pesquisas e hardware, ou Shigeru Miyamoto, o criador de Mario que está lá desde 77.

Foto: Divulgação

Mas quem é Tatsumi Kimishima? O Drops de Jogos responde esta pergunta.

Kimishima tem 65 anos e é pai de duas filhas, natural de Tóquio, a capital do Japão. Profissionalmente, ele trabalhou por 27 anos no Sanwa Bank of Japan. De forte perfil corporativo, trabalhou nas filiais do banco em Nova York, Los Angeles, São Francisco e, fora dos Estados Unidos, na América Central, além das ilhas do Caribe.

Entrou na The Pokémon Company em 2000 no setor financeiro durante os anos 2000, quando as versões Red e Blue explodiam em vendas, além do surgimento progressivo de Gold e Silver. No ano de 2001, entrou na divisão americana de Pokémon. Naquele mesmo ano, foi responsável pelo lançamento da versão Crystal, que teve uma protagonista mulher como opção pela primeira vez.

O ano de 2002 foi difícil para a Nintendo. Hiroshi Yamauchi, presidente desde 1949, já havia decidido sair do seu posto de comando, abrindo espaço para Satoru Iwata em meados de 2000. Mas as mudanças não acabariam ai. Seu cunhado Minoru Arakawa assumiu o posto da Nintendo of America e não durou no cargo. Naquele ano, o próprio Yamauchi indicou Kimishima para assumir essa divisão estratégica, que amargava com vendas ruins do GameCube diante do PlayStation 2 e do Xbox.

Em quatro anos de direção, Tatsumi Kimishima pavimentou o caminho para o sucesso que foi o Nintendo Wii e foi promovido para o board de diretores da Nintendo, deixando o posto para o americano Reggie Fils-Aime. Em setembro de 2012, mais de 98 milhões de aparelhos com o sensor de movimento deixaram a empresa novamente em evidência no mundo inteiro. No mês de abril de 2013, Satoru Iwata assumiu suas funções na Nintendo of America, unificando as operações. 

Foi a época do lançamento do Wii U e a empresa amargou seu primeiro prejuízo em uma história de 50 anos, estimado em US$ 550 milhões. O luco voltou em 2015 com o valor de US$ 207 milhões.

Neste momento, a responsabilidade de Kimishima é manter a situação da empresa e alçar novamente o crescimento. No Brasil, a Nintendo recentemente encerrou suas atividades. Teremos um retorno em breve? Isso será tarefa do novo CEO e de sua equipe.

Ao jornal japonês Nikkei, Tatsumi Kimishima disse que não haverá mudanças na estratégia que já foi traçada por Iwata. É uma boa decisão? O futuro dirá. Enquanto isso, Miyamoto e Takeda serão os consultores do novo presidente em criatividade e novas tecnologias, respectivamente.

Via Bonus Stage

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria