Simulador de bikes leva exercícios e saúde em atividade interativa ao Kickstarter com zumbis e Minecraft

Sistema de treinamento virtual com bicicleta oferece experiências temáticas com belas paisagens, zumbis e polígonos pixelados.

  • por em 27 de abril de 2015

A interação com os ambientes digitais tem recebido contribuições frequentes e significativas, com a adoção de gadgets como os controles do Nintendo Wii, o Kinect da Microsoft ou, mais recentemente, os óculos 3D, como o Oculus Rift e Gear VR, da Samsung.

Agora, para botar o corpo para malhar e se divertir, a empresa Widerun está com o projeto de mesmo nome no sistema de financiamento coletivo Kickstarter, no qual o interator imerge em ambientes 3D pedalando sua bike.

O simulador Wildrun, que funciona, como já visto, acoplado a uma bicileta de verdade, capta dados de velocidade e de direção do movimento do usuário, alimentando-os em um computador que ajusta dinamicamente a resistência para simular situações como inclinação e inércia. Em conjunto com o Oculus Rift DK2, a simulação da bike paisagens virtuais leva o ciclista a crer que está realmente em atividades a céu aberto, quebrando a monotonia do exercício na sala de casa.

A ambientação cenográfica do mundo virtual é rica em detalhes e apresenta, além de localidades com vegetação e neve, simulação na qual o ciclista deverá fugir de zumbis pós apocalípticos ou imergir na quadratura cômica de Minecraft.

O projeto segue em campanha de captação de recursos no Kickstarter e, quem quiser contribuir, tem mais cinco dias para ajudar na meta de £30 mil. Para conhecer mais detalhes sobre o projeto acesse a página do produto no Kickstarter .

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria