“Subestimamos a popularidade do singleplayer”, admite Yoshinori Ono, sobre Street Fighter V

"Se tivéssemos mais recursos prontos no lançamento, ele provavelmente teria sido melhor recebido por alguns dos nossos fãs".

  • por em 8 de abril de 2016

O produtor da Capcom Yoshinori Ono admitiu que subestimou as características do modo singleplayer para o lançamento de Street Fighter V. Em declaração dada à revista americana Game Informer, o executivo afirmou que a ausência de conteúdo pode ter sido um dos fatores de muitas críticas recebidas por parte dos apreciadores da franquia. 

"Entendemos que, se tivéssemos mais recursos prontos no lançamento, ele provavelmente teria sido melhor recebido por alguns dos nossos fãs mais casuais, que tendem a curtir Street Fighter mais através de conteúdo single-player do que pelo modo jogo competitivo", defendeu Ono. Street Fighter V é um dos melhores jogos de luta dos últimos tempos, mas a versão lançada conta com muito poucos personagens e quase nenhum conteúdo para jogadores únicos. São apenas três heróis com background e um modo de sobrevivência, que abre opções de cores para os personagens.

Há indicações de lançamento de novos conteúdos em junho, com o várias vezes prometido modo de história livre, no qual o jogador lutará contra adversários com inteligência artificial. É possível que a empresa tente relançar o game com a chegada do material adicional.

Acompanhe o Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Indústria