YouTube derruba o canal Xbox Mil Grau após mensagens preconceituosas

Canal de YouTube de fãs tóxicos da marca Xbox recebe enxurrada de denúncias

Xbox Mil Grau foi criticado no exterior, nas redes sociais e foi desativado em suas redes sociais. Foto: Reprodução/MeuXbox

O perfil oficial do YouTube no Twitter postou o seguinte: “Com as denúncias de usuários, tomamos conhecimento de conteúdos no Canal XBOX Mil Grau que violam nossas políticas. Os vídeos foram removidos e o canal está permanentemente suspenso do Programa de Parcerias do YouTube. Agradecemos a todos que nos alertaram e reforçamos nosso repúdio a toda forma de preconceito”.

https://twitter.com/YouTubeBrasil/status/1268952147716198402

O canal Xbox Mil Grau recebe denúncias há anos de jornalistas de games no Brasil devido ao comportamento tóxico e abusivo contra mulheres e minorias.

Ele foi denunciado para a empresa Microsoft (chegando ao chefão Phil Spencer), que exigiu a retirada do nome Xbox, para a Twitch, que tirou seu canal do ar.

O caso ganhou repercussão fora do Brasil, incluindo o ator Mark Hamill (que interpretou Luke Skywalker em Star Wars), Cory Barlog (criador dos jogos God of War) e do jornalista Jason Schreier (ex-repórter investigativo do Kotaku, atualmente Bloomberg).

O canal de YouTube ainda existe, sem os vídeos, e não pode ser monetizado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.