Novo dispositivo Project Q, para PS5, angaria dúvidas e críticas na rede

  • por em 30 de maio de 2023

Imagem: The Gamer

A mídia em geral não parece ter recebido bem o anúncio do novo produto da Sony para o PS5, um dispositivo móvel denominado provisoriamente como Project Q.

O Drops de Jogos acompanhou as opiniões na rede e, ao que tudo indica, a novidade parece angariar mais dúvidas e polemicas do que aplausos com o que foi demonstrado até o momento. Veja algumas análises dos sites internacionais, abaixo:

“Se você estava navegando no Twitter quando Jim Ryan revelou o Projeto Q ao mundo, deve ter visto uma série de insultos direcionados à tentativa renovada do PlayStation de entrar no mercado de jogos portáteis. Essas reclamações se espalharam pelo Reddit e ResetEra desde então, e a Nintendo Life apontou o DNA que compartilha com o Wii U, incluindo um modelo que faz parecer que o Link [de Zelda] quebrou um DualSense e fundiu as duas metades em uma tela usando ultrahand”, trolou Josh Coulson no site The Gamer.

“O Projeto Q parece que só rodará jogos que foram baixados e instalados em um PS5 […] O apelo dos PCs portáteis para jogos, como um [Steam] Deck ou um ASUS ROG Ally, é que você pode levá-lo para qualquer lugar ou encaixá-lo em um dock Steam Deck para jogar em casa. Não requer que você já tenha um PC para jogos ao qual esteja vinculado. Então, onde o Projeto Q se encaixa no mercado?”, questiona Duncan Robertson no Games Radar.

“O Remote Play existe, funciona basicamente bem, é muito bom em um smartphone com um complemento de controlador (a Sony até endossa um [modelo] da marca PlayStation de terceiros!) e é ainda melhor em um iPad com um DualShock emparelhado. O que o Projeto Q oferece já é feito notavelmente bem por dispositivos que os consumidores já possuem, com ou sem alguns complementos relativamente baratos para tornar as coisas um pouco mais ergonômicas”, contemporiza Rob Fahey, no Game Industry.

Na opinião de Rodrigo Fernández, do site Gaming Pitstop, a novidade parece dar continuidade a problemas já existentes, sem identificar a real necessidade para sua aquisição. “Ainda não sabemos quanto a Sony vai cobrar pelo Project Q e, pelo que parece, ele terá os mesmos problemas que você obtém ao jogar no aplicativo PS Remote Play. Não há nenhuma vantagem real ou valor agregado em obter o portátil.”

O artigo de opinião do site Gaming Buzz é mais enfático e afirma já na chamada que o “Project Q não tem certeza a que pergunta está respondendo”, destacando que “o compromisso da Sony com hardware e acessórios de nicho é louvável, mas o Projeto Q parece ‘morto ao chegar'”.

Outros artigos e análises na rede parecem também não ter se encantando com o recurso. Talvez a Sony tenha boas respostas para seu novo dispositivo mas, até aqui, parecem faltar justificativas que convençam o jogador a aportar na novidade.

Imagem: The Gamer

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments